Saudade não tem idade

Ontem tive a certeza de que estou ficando velho.

Na coluna do Ancelmo Góis, uma nota sobre Cláudia Abreu mostra a idade que ela diz ter: 29 anos.

Tão novinha, ela, e já mentindo a idade descaradamente. Cláudia tem um ano a mais que eu, ou pelo menos a minha idade. Já passou dos 29 há algum tempo.

É mau sinal quando as mulheres, mesmo as lindas como a Abreuzinha, começam a mentir a própria idade. Significa que você está ficando velho, muito velho. E que o tempo não pára de debochar de você.

4 thoughts on “Saudade não tem idade

  1. Que coisa feia, Cláudia Abreu… Só porque é bonitinha acha que pode fingir ter 3 anos a menos do que eu quando, na verdade, tem 1 a mais? Moça mentirosa fica feiosa, viu?

  2. Foi o que achei:
    Nome Completo: Cláudia Abreu Fonseca
    Natural de: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
    Nascimento: 12 de outubro de 1971
    Mas me desculpem, falar q ter entre 31 e 35 anos é ser velho… meu vô fez 80 esse dias, tá com os dois pés na cova então?!! heheh… agente é que debocha de si mesmo quando aparecem alguns sintomas do mal-da-uva-passa. Relaxem.

  3. Plataformista, isso aí é do blogchalk. Eu tenho 32. Quanto a seu avô… Olha, leva a mal não, mas…

Leave a Reply to Plataformista Cancel reply

Your email address will not be published.