Evolução

Quando era adolescente, eu queria levar uma vida de sexo, uísque e rock and roll.

Aos 20, queria levar uma vida de sexo, uísque e blues.

Aos 30, quero levar uma vida de sexo, uísque e jazz.

Sei não. Essa minha inconstância ainda me mata.

5 thoughts on “Evolução

  1. Ai… Tô ferrada. Como sempre fui meio quietinha e sou uma adolescente tardia, agora quero juntar tudo: sexo, uísque, vinho, cerveja, rock and roll, blues, jazz, MPB, música experimental… Ah, e aos 40? Qual será sua trilha sonora, seu musicalmente inconstante? Espero que a inconstância continue apenas na música. 😉 (Escuta: o post ficou bom, muito bom, excelente… O pequeno grande post.)

  2. Pô Rafael… então tá! ao invés de ser pequeno, que tenha lepra lá! hahaahah brincadeirinha… Jazz é meio pesado, hein… Será que é a idade? Meu Deus, p/ onde vc vai ouvir jazz??

  3. Inconstância? Não diria, pelo menos é fiel aos dois primerios, apesar de achar o segundo absolutamente dispensável, já quanto ao primeiro…. Particularemente acho que a idade apura nossso gostos e escolhas. Jazz é muito bom!

Leave a Reply to Daniela Parahyba Cancel reply

Your email address will not be published.