Ser baiano

Achando graça em um post da Dani, em que para dizer que ser recifense é ser isso e aquilo ela investe desnecessariamente contra a velha e boa baianidade, dizendo que ser recifense é “ter orgulho de dizer que o sonho do baiano é ser carioca e o do cearense é ser pernambucano”.

Pois é, Dani. A verdade é que a gente não sabe o que é ser baiano, porque normalmente temos outras coisas para adiar, e nossos próprios umbigos para admirar. Dizem que o Rio é lindo; mas em nossa sabedoria, sabemos que lindo mesmo é uma neguinha da bundinha empinadinha, quebrando numa roda de samba na Engomadeira.

Mas vamos lá, vamos tentar definir. Ser baiano é… Ser baiano é… Olha, minha preta, deita aqui do meu lado, faz um cafuné em mim e depois a gente pensa no assunto, tá?

Ou não.

7 thoughts on “Ser baiano

  1. Não fui eu que escrevi aquilo, e até não concordo. Quis tirar, mas não quis editar uma coisa que não é de minha autoria. Destaquei as que eu mais concordo.

  2. Ah, Lucia… Baianos não são para serem entendidos. São para serem sentidos, só isso. E para serem bem cuidados, mimados e terem seu ego, normalmente gigantesco, afagado.

  3. Ser baino é tudo!! Todos os pernambucanos morrem de inveja porque não são baianos, e porque não têm o maior carnaval de rua do mundo. Acham que aquele frevinho de m@#$%73da vai lá animar alguém. Por falar nisso, alguém aí já viu CDs de frevo bombando de sucesso no país? Eu duvido. Além do mais tem um imensa dor de cotovelo, pois não possuem uma economia e um setor de turismo tão desenvolvido quanto o dos bainos, e também sua capital RECIFE, aquele lixo de cidade, a mais violenta do Nordeste, não é a terceira maior metrópole do país, perdendo apenas para São Paulo e Rio. VIVA A BAHIA E A CULTURA BAIANA!!!, OS PERNAMBUCANOS QUE SE EXPLODAM DE INVEJA!!!

  4. Baianidade n é pra entender … é pra incorporar!
    Ricardo, psiu! – a 3a maior cidade é Salvador, viu? … e a baiana aqui até q gosta da cultura pernmbucana …

Leave a Reply to AlterEgo Cancel reply

Your email address will not be published.