Mainardi

Não sei a razão, mas no meu clã não há deficientes físicos. Por outro lado, talvez por alguma lei divina de compensação, a esmagadora maioria é deficiente mental.

Mesmo assim, mesmo sem ter convivido de verdade com essa situação, deu para sentir exatamente o que o Diogo Mainardi sentiu ao tentar matricular seu filho numa escola aqui no Rio, episódio que ele relatou em sua coluna na Veja desta semana e onde, felizmente, dá nome aos bois.

Não gosto do Mainardi, como já disse aqui. Eu o acho um polemista fútil, amante da polêmica pela polêmica. Sou fã é do seu pai, um dos maiores publicitários que o país já viu (“Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?”). Mas faz muito tempo que não vejo um artigo com uma capacidade tão grande de provocar indignação, revolta e simpatia.

4 thoughts on “Mainardi

  1. O Diogo Mainardi deve ter algum problema mental, acho que ele foi muito maltratado na infância, como o pai dele foi um grande publicitário (não sei se o mesmo está vivo) ele o publicitário, não deve ter dado a atenção devida ao filho. Só se preocupando com a vendagem de biscoitos fresquinhos. Hoje ele quer por que quer chamar atenção, como não é uma pessoa criativa, inteligente ele quer polemizar por polemizar. Por não ter um passado grandioso, não ter tido estudos, falta de dinheiro não foi, não me sinto motivado a ler qualquer coisa que essa pessoa tenha escrito, alias deixei de ler a Veja por manter em seu plantel de jornalista pessoas como ele. Onde deturpam cada vez nossa imprensa medíocre e dependente. Passei a ler Carta Capital e estou satisfeitíssimo.

Leave a Reply to Tuzi Cancel reply

Your email address will not be published.