Campanha da Fraternidade 2005

Eu podia estar roubando.

Eu podia estar matando.

Eu podia estar elegendo um político corrupto.

Mas estou aqui escrevendo um blog.

Infelizmente, blog não dá dinheiro. Mas blogueiros continuam precisando viver. Cabe a você ajudar essa espécie a não entrar em extinção.

Contribua com um pobre blogueiro pobre. Doe o quanto puder. Ajude um marqueteiro a sobreviver neste mundo insensato onde não há eleição todo ano.

Doe livros caros, discos raros, mulheres cachorras.

Se você não me ajudar a juntar 50 mil reais até o dia 1 de julho de 2005, eu vou eleger um deputado ladrão em 2006.

Eu posso até reeleger o Severino.

E aí vai ser pior para todo mundo.

Doe. Porque senão vai doer.

24 thoughts on “Campanha da Fraternidade 2005

  1. Ei! se essa campanha der certo as pessoas não vão saber onde depositar a grana. Você esqueceu de fornecer a conta. Anotem aí: Cassa di Risparmio di Parma e Piacenza, agenzia 1, conto corrente 38965-32…
    Ciao

  2. Eu vou colaborar com um comentário e uma ‘lavagem’ rápida e super rasteira no vidro de seu carro, com direito a riscos e tudo mais…

  3. Levantar cinquenta paus em pouco mais de dois meses? Se for literalmente, a Cicareli consegue. Já se os paus forem dinheiro mesmo, só roubando, meu.

  4. “Cabe a você ajudar essa espécie a não entrar em extinção.”
    Rafael eh o Homo sapiens bloguensis! Vou descrever essa especie pela primeira vez – quem sabe sai na Nature? 😉

  5. Essa campanha está fadada ao fracasso. As pessoas se preocupam com coelhinhos, cachorrinhos, e outros “inhos”, não com blogueiros pobres.

    O que se pode fazer, não é ? Talvez mudar o mundo! Vou já pro boteco, abrir a primeira cerveja, e começar a trabalhar.

  6. Putz, primeiro o Alex, mendigando pra galera comprar os livros no Submarino. Agora, o Rafa… Ah, eu também quero surfar essa onda!
    Boas almas, mandem e-mail pro Homem Baile que eu forneço o número da minha conta corrente. Olha que se ninguém depositar nada, me dá a louca e acabo votando no César Maia, hein?

  7. Faltou uma informação: o número da conta para que possamos “efetivamente efetivar” a doação.

    Já andei verificando com meu contador e posso incluir esta doação como “incentivo à cultura”, tendo em vista que Rafael Galvão É Cultura.

    A propósito: observei que lincaste o Escrever Por Escrever com o endereço do Blogger.br. Aquele endereço é, na verdade, apenas um “depósito” de segurança, enquanto não mudo para o Movable Type ou mais provavelmente para o Mambo. O endereço que atualizo com freqüência é o do Blogger/Blogspot, que está neste comentário!

    Grande abraço.

    Aguardo o número da conta.

  8. E nao esqueçam a tia Ana esta de aniversario no 7 de maio. Querem conhecer a minha lista de presentes ? ho ho ho ! E o pior é que os pedidos funcionam de verdade, até para aquele salafrario do Alex Castro (ex-Cruz Almeida) ja mandei livro ! 🙂 Beijos e boa sorte na tua empreitada Rafael.

  9. Rafael, cara, eu te mando os 50 mil com prazer. Em troca, só te peço uma coisa: a Roberta Febran! Ou melhor, se você abrir mão dela, eu te mando logo o dobro: 100 mil. Topas?

Leave a Reply to Rafael Reinehr Cancel reply

Your email address will not be published.