Uma pequena bibliografia dos Beatles

Só Deus sabe quantos livros a respeito dos Beatles existem por aí.

Essa é uma listinha sucinta dos mais importantes deles.

The Complete Beatles Recordings
Mark Lewisohn
Foi lançado em 1988, comissionado pela EMI como parte das comemorações pelo seu centenário. Acabou se transformando no livro definitivo sobre os Beatles no estúdio de gravação — e foi ali, no estúdio, que os Beatles se tornaram o que são até hoje. É um diário de todas as sessões da banda, provavelmente o livro mais acurado que já se escreveu sobre ela. Infelizmente fora de catálogo há muitos anos, se tornou a bíblia dos beatlemaníacos, o livro a que se recorre para dirimir dúvidas. Ainda espero a chance de colocar novamente minhas mãos sobre um exemplar, é o único fundamental que falta na minha estante. Os anos passaram e veio a internet, um repositório muito maior de informações. O livro mostrou ter lacunas, e mesmo alguns erros. Mas continua sendo o livro mais importante já escrito sobre o dia a dia dos Beatles, e necessário para que se entenda a dinâmica que fez da banda a maior de todos os tempos. Nunca foi lançado no Brasil.

The Complete Beatles Chronicle
Mark Lewisohn
Lançado depois do Complete Beatles Recordings, inclui as gravações, descritas de maneira mais resumida, assim como um relato das apresentações ao vivo e gravações de filmes, apresentações em TV, etc. Tem também uns bons resumos históricos e críticos sobre cada ano da banda. Se eu tivesse que comprar apenas um livro sobre a banda, seria esse. Nunca foi lançado no Brasil e passou um bom tempo fora de catálogo, mas vale a pena comprar via Amazon.

The Beatles
Hunter Davies
É a biografia oficial dos Beatles, e durante muito tempo foi o livro mais importante sobre a banda. O tempo passou e ele se tornou meio redundante, e com várias informações falsas, mas ainda assim é um documento importante. Foi a Hunter Davies que McCartney ligou, de saco cheio do que considerava ataques de Yoko Ono, para dizer que ninguém lembrava das vezes que Lennon o magoou e que ele sabia ser “um porco manipulador”. É o tipo de livro que se compra porque se fala dele há quase 40 anos, e basicamente só por isso.

The Beatles Anthology
The Beatles
Parte do projeto Anthology — que incluiu também o documentário hoje disponível em DVD e os três CDs duplos (ou álbuns triplos em vinil, lançados apenas na Inglaterra e que fazem parte dos meus xodós), é a história dos Beatles contada por eles mesmos. É bem aceitável, apesar de eles, claramente, saberem bem os limites da verdade a que podem chegar. Independente disso, é um livro fantástico como objeto. (Alguns anos depois os Stones lançaram a sua versão de autobiografia, como não podia deixar de ser. Mas nela a diagramação deslumbrante do Anthology foi substituída por um layout burocrático e sem graça. Típico.)

The Love You Make
Peter Brown
Brown era funcionário da Apple (citado por Lennon em The Ballad of John and Yoko). Portanto este é um relato de insider — cheio de todas as fofocas imagináveis. Foi o primeiro livro a revelar, de forma razoavelmente confiável, o lado negro da banda que dizia que tudo o que você precisa é amor. É ideal para quem gosta de baixaria. E quando se trata de Beatles, eu gosto.

Many Years From Now
Paul McCartney
Oficialmente a autoria é de Barry Miles. Mas isso não ilude ninguém. O livro é, na verdade, a autobiografia de Paul McCartney; o ghost writer apenas levou um crédito maior, provavelmente para que Macca se sentisse mais livre para falar as bobagens que quisesse e soltar as farpas que bem entendesse. De qualquer forma, é um daqueles livros fundamentais para a compreensão da história dos Beatles. A versão brasileira é melhor que a minha, porque tem alguns acréscimos feitos depois da morte de Linda McCartney.

The Beatles: The Biography
Bob Spitz
É o livro mais recente sobre a banda, e pelo que dizem um dos mais completos. A crítica se divide sobre ele, e como ainda não li, não posso falar muita coisa além de repetir o que dizem: é abrangente mas contém erros. Se alguém quiser me dar de presente, sinta-se à vontade.

4 thoughts on “Uma pequena bibliografia dos Beatles

  1. Eu adorei esta bibliografia…

    Sou muito fã dos Beatles…

    Acho também que vocês poderias fazer uma história em quadrinhos[pequena] da história deles!!
    seria muito legal!!

Leave a Reply to Vinicius Cardoso Cancel reply

Your email address will not be published.