Raio X

Via Boing Boing: Daryl Miller, de saco cheio dos procedimentos anti-terroristas nos aeroportos, não agüentou e baixou as calças. Estava sem cuecas. Foi preso, claro, mas expôs — e bem — seu ponto de vista.

Para quem tem que enfrentar aeroportos aqui em Pindorama, onde o terrorismo é praticado apenas por políticos que dão carteiradas e tiram lugares de criancinhas, Miller é um ícone a ser reverenciado.

Um dia arranjo coragem e faço isso também. Devia ter feito ano passado quando, voltando de Fortaleza para o Rio, numa conexão em São Paulo, os idiotas de Cumbica me fizeram entrar na fila de checagem de passaporte, só porque o avião ia para Buenos Aires.

Mas eu confio na parvoíce deles. Minha chance há de chegar.

Leave a Reply

Your email address will not be published.