Podcasting

O post passou por aqui despercebido, não mereceu um mísero comentário.

Então eu toco no assunto de novo.

O Marmota está procurando gente interessada em fazer parte de um projeto de podcasting.

Não é possível que entre os leitores de blogs só exista o Marmota ligado a rádio.

O podcasting pode vir a ser uma coisa fantástica. Pode resgatar um pouco a importância do rádio e inseri-lo de verdade no século XXI. Eu fico imaginando belos talk shows, como o Alexandre discorrendo sobre literatura (e na sessão da meia-noite mostrando como lamber um pé), o Idelber falando sobre música brasileira, o Inagaki lendo uma de suas crônicas, um de seus poemas ou fazendo uma crítica de cinema.

O Bia, com sua voz de locutor mela-calcinhas, falando o que ele quiser, porque Bia Jones conquistou esse direito.

As possibilidades são tão grandes quanto as criadas por um blog normal. Sequer precisavam se limitar a questões geográficas. Deveria ser uma delícia ouvir a Lucia Malla falando da Coréia, o Allan falando de Piacenza, a Leila de Sacramento. Vozes próximas mas diferentes, como o Marcus lá do Pará. O que você sabe sobre o Pará? O Reginaldo lá da terra de Nossa Senhora do Destino.

Isso pode vir até a dar dinheiro, mais fácil do que blogs. Eu explico: um audioblog com 2 mil visitas diárias poderia muito bem fazer parte do plano de mídia de uma campanha de rádio. Bastaria um pouco de esforço e relações públicas.

E essa é só a minha visão, primária e definida em uma mera olhada à minha volta. Há várias. Milhares.

O Marmota está vendo o futuro. Se você mora em São Paulo, gosta de rádio, dá um jeito de falar com ele.

12 thoughts on “Podcasting

  1. é foda! adoraria por tudo na minha vida fazer algo assim. tenho altas idéias, mas o tempo e a grana (tempo mesmo, no final) para investir nisso é ESCACÍSSIMO (isso é um neologismo? like magri, perhaps?). eu realmente MELO calcinhas, desde os 17 anos, quando lia cartas apaixonadas na FM local, programa LOVE NIGHT. hoje talvez pudesse até MELAR outras COISAS, vai dizer?
    ;>)

  2. Vai ser legal acompanhar o BIAJONI verbalizando suas famosas CAIXAS ALTAS e estourando os TÍMPANOS dos ouvintes.

  3. Seguindo a evolução natural, será que daqui a algum tempo estaremos todos nós com uma tv particular via net? O Reginaldão em imagem e som? Num sei se eu queria não. Ler o Bia é uma coisa mas ter que ver o Bia… Idelber comentando a última música do Latino, mostrando como é a dança… Rafael relatando a luta estudantil, mostrando como é a marcha gloriosa… Alexandre expondo pés ao vivo entre livros…..

  4. Oi Rafael, eu ainda estou um pouco atrasada nessa tecnologia; acabei de instalar um CD burner no computador, por exemplo, e não tenho IPod. Mas claro que posso ouvir um podcasting em casa, só não tenho como gravar voz. De qualquer forma, parabéns à iniciativa do Marmota, e se ele quiser uma correspondente na costa oeste americana, pode me telefonar o mandar e-mail. Se a coisa crescer, quem sabe eu até consigo uma credencial de imprensa para entrevistar o governador Schwarzenegger, he he he (o governo da California fica em Sacramento).

  5. Pode contar com minha participaçao. Posso contribuir modestamente com um pouco do que rola pelo norte da Italia onde vivo, alem de musica, arquitetura, design, cinema e o que pintar. O que se deve fazer? Onde assino?

  6. Eu tenho interesse em participar.

    Na verdade, acabei de me matricular em uma matéria na faculdade chamada TECNOLOGIA RADIAL justamente pelo meu interesse na ressurreição do rádio.

    E neste momento estou em Buenos Aires, fico por aqui até julho. Posso dar informes dos hermanos ou qualquer coisa do gênero.

    Meu email tá aí. []’s,

Leave a Reply

Your email address will not be published.