Googling

Eu não gosto do Yahoo. Nunca gostei. Meu site de buscas preferido, desde o início, foi o Altavista, ainda no tempo em que se digitava altavista.digital.com. Dele passei direto para o Google.

Se você procura por “Rafael Galvão” no Google, a primeira página a aparecer é a do autor destas mal-traçadas. Por isso gosto do Google, mesmo que ele ache que este blog é o lar de toda e qualquer parafilia imaginável. Provavelmente ele me acha mais pervertido do que o que eu realmente sou.

No Yahoo e no Altavista eu nem sequer apareço, só como links nos weblogs generosos e condescendentes o suficiente para me citar.

É perseguição. Ou incompetência: não deve ser coincidência que todos eles estão tentando ficar parecidos com o Google. Como não guardo rancores sugiro que, como primeira medida, reconheçam a importância inútil deste seu criado.

2 thoughts on “Googling

Leave a Reply

Your email address will not be published.