O fim de Ronaldinho

Para ninguém dizer que a internet não tem memória, o no.com.br, pai do atual nominimo.com.br, mesmo depois de anos desativado mantém online seus arquivos — e essa é uma das coisas mais louváveis já vistas.

Foi graças a esses arquivos que pude achar, novamente, um artigo de João Wady Cury intitulado “O fim de Ronaldinho“, publicado em 29/11/2001.

Eis o primeiro parágrafo:

Ronaldinho acabou. Aquele rapaz mirrado, que saiu do subúrbio do Rio e acabou ganhando fama e fortuna a partir de sua carreira no Cruzeiro, de Belo Horizonte, não existe mais. Pior que isso, vive da benevolência de repórteres esportivos hipócritas, que a cada dia criam mais um motivo de esperança para a volta aos gramados daquele que um dia foi craque. Ronaldinho é hoje um ex-craque e deveria pelo menos ter coragem de encarar isso de frente, da mesma forma como enfrentava implacavelmente seus marcadores. Quem sabe até Ronaldinho devesse se propor a fazer uma declaração pública para dizer com todas as letras: “Eu acabei. Eu não existo mais, nem quero mais saber de futebol. Me deixem em paz. Quero levar minha vida jogando golfe, aparecendo nas fotos da revista Caras nas praias da Europa e ser reverenciado como personalidade, um verdadeiro pop star – e não mais ser reconhecido como um jogador de futebol”.

Vale a pena ver também a resposta de Léo Jaime a esse artigo.

João Wady Cury vai passar à história como o autor das linhas mais infelizes já escritas sobre o futebol.

6 thoughts on “O fim de Ronaldinho

  1. Ih deixa o caraaaaaaaaaaaa ai!
    Ele ta bem na foto. Rico e pegando a Cicarelli …
    Ihhhhhhh descola do menino!
    hahahahahaha
    Seu Cury … VAI SE CATAR! ja dizia Cajuru

  2. Eu lembro desse artigo: eu o li na época em que foi escrito.

    Na ocasião o Ronaldo estava muito mal mesmo, mas nada justificava esse vaticínio. Existia muita polêmica na imprensa sobre isso; muitos ainda acreditavam nele, e fazer uma sentença tão definitiva me pareceu mesmo uma temeridade.

    Nada como um dia atrás do outro…

  3. João Wady Curi quem é esse cara? Acho q ele so keria aparecer as custas de um grande craque e pelo geito ele conseguiu. Em toda profissão existe o bom profissional e o mau profissional não preciso nem dizer aonde ele está enquadrado. Artigo infeliz.

  4. Vão de danar o Joao é um dos melhores jornalistas deste pais vcs não sabem nada a respeito dele

Leave a Reply

Your email address will not be published.