Peter Parker

Peter Parker é um poodle, mas não sabe disso.

Talvez a culpa seja de minha sobrinha. Desde que ele chegou, ela o pegava no colo como um bebê — e é provavelmente daí que vem a sua incapacidade de saber que é um cachorro.

Peter não gosta de dormir em sua cama; prefere o chão, no verão, ou um sofá ou poltrona, no inverno. Tampouco dorme enrolado sobre si mesmo como outros cachorros: se estende no chão, às vezes com a cabeça sobre um dos braços esticados, como uma pessoa faria.

Acima de tudo, Peter é um encostado. Literalmente. Se senta e se recosta na parede, porque assim é mais fácil de enfrentar a vida. É assim qeu ele olha para casa aprendendo os seus mistérios, aprendendo a conhecer as pessoas. Desconfio que Peter seja baiano. Gosta de travesseiros, e de bonecos de de pelúcia. Como qualquer outra criança de um ano.

Peter tem alguns problemas de adaptação ao mundo. Quando passeia, não costuma olhar para outros cachorros — e quando olha é com a mesma curiosidade que se vê em seus donos. O senso de territorialidade não lhe é exatamente inerente, e ele não faz a mínima questão de marcar sua área a partir de postes e muros. Ao passear prefere olhar o mundo.

Enquanto escrevo isto ele está deitado na porta, olhando para fora, como se estivesse me protegendo. Deve ser porque, no fundo, há ainda um senso canino dele. Por alguma razão que nunca vou poder explicar, Peter gosta de mim. Às vezes vem até aqui e arranha meu braço, pedindo um cafuné. Ele não sabe que eu detesto cachorros.

Ou, o que é mais provável, sabe, sim. Mas ninguém jamais o convencerá de que ele é um poodle.

4 thoughts on “Peter Parker

  1. Os brutos também amam….
    Debaixo de dessa capa de cabra macho Baiano há um coração!! E que gosta de cachorros.
    Eu sabia!
    Eu sabia!

  2. Hummm…
    Não me convenceu essa história (estória?) de que você não gosta de cachorros!

    Quanto à eterna pergunta: “Beatles ou Stones?” sempre respondi: Os dois!

    A balada do louco corre o risco de não pegar: Como bem previu a psicóloga que deixou-lhe um comentário, acho que ficaria congestionado.

    A propósito: tive um cachorro que acreditava poder pegar os pássaros que voavam a cinco, sete metros de altura. Vivia tentando. E se esborrachando.

    Ciao.

  3. Vc nao gosta de cão Rafa?
    ahhhhhhhhhhhh poxaaaaaa!!!!
    Mas realmente alguns cães se acham meio gente.
    E dai acontece isso …
    Coisa dos donos mesmo!
    um xero

  4. também sempre odiei cães. até arrumar um para tentar salvar o casório. o que a gente não faz, não? aí separei e fiquei com o boxer. é meu amigão hoje, o NICOLAU SEVCENKO. é um ANIMAL!

Leave a Reply

Your email address will not be published.