Mais uns comentários sobre o show dos Stones (e do U2)

O show do U2 ajudou a colocar o dos Stones em outra perspectiva.

Lennon dizia que os Beatles eram uma pequena grande banda. Queria dizer que mesmo no auge da fama, da influência e da bajulação eles ainda eram apenas quatro rapazes que se juntavam para fazer grande música.

Os Stones não são uma pequena grande banda. Há muito tempo, na verdade. São uma empresa, mas são também deuses que de vez em quando aparecem diante de seus fãs.

O show dos Stones não foi um show de rock. Foi um momento de veneração. Ali estavam devotos em êxtase diante de seus deuses. A distância dos Stones em relação ao seu público é um indício disso. Mas é assim que tem que ser.

Nunca fui fã do U2 e, desde o Achtung Baby, eu sequer me dou ao trabalho de ouvi-los. Mas eles fizeram um grande show. Para começar, ainda são uma banda de verdade — como o selinho de Bono em Adam Clayton mostra. Ainda diz respeito a fazer música. Os Stones transcenderam tudo isso há muito tempo.

Não dá para comparar e um outro. Mas no Morumbi houve um show de rock de verdade, com público de verdade, de uma pequena grande banda.

***

Ver Adam Clayton com cabelos grisalhos me lembra que o U2 é uma banda com 25 anos de estrada e que os anos 80 foram há 20 anos. Mau.

***

O segundo melhor momento do show: Bono vem com aquela ladainha demagógica e terceiro-mundista de sempre. One world, etc. As bandeiras se sucedem no videowall. “Mérrico!”, anuncia ele. Aplausos meia-boca. “Tchile!” Aplausos meia-boca. “Arrentina!” E então uma vaia completa, monumental, para a surpresa do mundo preto e branco de Bono.

Mostramos aos gringos. Agora eles sabem que o buraco do Cone Sul é mais embaixo, ali embaixo das fronteiras do Rio Grande. Nós somos pobres, mas somos limpinhos.

***

Certo, The Edge é um bom guitarrista. Mas por que o sujeito se recusa a tocar duas canções com a mesma guitarra? Gibsons Les Paul e Explorer, Riockenbackers 12 e 6 cordas, Fenders Strato e Telecaster; até uma Epiphone Casino o sujeito arranjou. Foi um desfile de virtualmente todas as guitarras decentes deste planeta. Sem razão nenhuma: todas soavam exatamente iguais.

Enquanto isso, Keith Richards (que parece ter praticamente abandonado a sua Telecaster) trocou pouquíssimas vezes de guitarras. E todas com o seu som, porque a canção exigia. É a diferença entre deuses e meros mortais.

***

Nos Stones a música é toda feita no palco. Estão ali o naipe de metais, o tecladista, o baixista, os backing vocals, elementos estranhos à banda mas necessários para o show.

No U2 há algo falso. Quem afinal toca aqueles sintetizadores que se ouve ao fundo?

***

Mas a verdadeira estrela do show foi a Katilce. Ela começou mal, rebolando em excesso e parecendo a Gretchen fazendo o Van Damme passar vergonha. Mas não demorou a se adequar ao papel. E foi perfeita, a moça. Desempenhou o seu papel de fã corretamente.

***

Não li a matéria, só a chamada: alguém disse que os Stones eram “o que Lennon queria que os Beatles fossem”. Idiotice maior só a do sujeito que, no site d’ O Globo, chamou Ron Wood de baixista dos Stones. Na verdade, Lennon não levava os Stones muito a sério: sempre disse que eles copiavam tudo o que os Beatles faziam, com seis meses de atraso; e no começo dos anos 70 já ridicularizava os requebros de Jagger, e sempre lembrava que os Stones precisaram de uma música de Lennon & McCartney para finalmente fazer sucesso. Além disso ele sempre soube que a imagem de meninos maus dos Stones, criada por um antigo assistente de Brian Epstein, era tão falsa quanto a de bons meninos dos Beatles.

***

Logo no começo do show do U2 eu percebi que algo havia mudado. Que já não se acendiam isqueiros como nos bons anos 60. Que se acendiam displays de celular. Perto do final, com a nova “cerimônia da luzinha de celular”, eu vi que não tinha sido o primeiro a perceber isso. Algo mudou, mesmo. É mais útil, certamente, que acender um isqueiro; mas, convenhamos, é um pouco menos lírico.

***

O U2 inventou o videowall em portunhol.

***

Quando Bono Vox coloca aquele quepe de SS, ou seja lá o que for, parece um exilado do Village People. O resultado é ainda pior que a bunda seca meneante de Mick Jagger.

***

Essa é uma pergunta: no trechinho de Norwegian Wood que tocou, Bono misturou a melodia da canção a outra. O resultado não foi dos piores. Eu não consegui lembrar da melodia, embora tenha ficado com a impressão de ser algo dos anos 60. Alguém sabe qual foi?

19 thoughts on “Mais uns comentários sobre o show dos Stones (e do U2)

  1. O show do U2 foi incomparável ao arrastado e chatíssmo show dos Stones. Provaram o que é fazer um show de verdade.

  2. U2 seria muito mais legal se não existisse toda aquela filantropia e paz na terra. Às vezes irrita.

  3. Eu tenho milhões, sou bonito, inteligente, bem sucedido e muito famoso…

    Com todo esse tédio, provavelmente eu também me ocuparia de tentar tornar o mundo um lugar melhor, mesmo sem saber como.

    Essa é a vida do pequeno Bono…

  4. discordo de boa parte da análise do rafa, mas não vou comentar tudo agora por falta de tempo:

    “O show dos Stones não foi um show de rock. Foi um momento de veneração. Ali estavam devotos em êxtase diante de seus deuses. A distância dos Stones em relação ao seu público é um indício disso. Mas é assim que tem que ser”.

    não concordo: MUITA gente ali não conhecia mais que uma ou duas músicas dos STONES. foi um show de rock pois, ainda assim, fez sacudir os ossos de mais de um milhão de pessoas.

    diferente do show do U2, esse sim um SHOW de veneração, política, idolatria. quem estava lá sabia cantar todas as músicas.

  5. Mas, nem tudo tá perdido.
    Pensei que ia ficar de boréstia no Carnaval, mas me enganei.
    Com a vinda de Bono Vox para Salvador, já tenho um compromisso.
    Na frente do Farol da Barra, com meu novo badogue, treinarei minha pontaria na testa do sujeito.

  6. Bom mocismo e rebeldia em excesso sempre irritam.

    É como aquele vocalista do Babyshambles, o Pete Doherty…cuja única coisa que sabe fazer é se drogar e ser preso. Num vejo uma nota na imprensa comentando sobre sua música, incrível.

    Mas gosto do U2 (gosto, num sou fanática) por outros motivos com os quais me identifico. E não é só por seu engajamento.

    Agora, comparar Stones e U2 é ridículo. Sem condições.

  7. O primeiro trecho deste post foi o melhor que li até agora sobre os shows. Com uma ressalva: além dos milhares de devotos em êxtase em Copacabana havia também alguns milhares que foram apenas pela farra gratuita.

  8. é claro q os stones são bem mais legais q o U2. o tempo passa e os stones continuam bandidos frente a esse bom mocismo intragável do U@. antes era os bons garotos dos beatles contra os bad boys dos stones, e agora a mesma celeuma continua: os bons meninos do U2 contra os velhinhos safados dos stones. e para finalizar uma pergunta: será o U@ uma banda evangélica?

  9. Eu achei dois bons shows. Os Stones capricharam na performance, mas o fato de suas músicas sempre parecerem iguaizinhas a cada show enche o saco. Valeu por Wild Horses.

    O U2 foi a minha banda preferida em determinada época da minha vida. São muito bons de show, mas os arranjos ficaram meio sem punch, e Bono não tem mais voz.

    Pra falar a verdade, tecnicamente os dois foram OK, mas não levantaram a minha sobrancelha um segundo sequer.

  10. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  11. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  12. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  13. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  14. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  15. O show do U2 sem duvidas foi melhor q os stones,U2 realmente conseguiu levantar a galera e fazer o publico se emocionar.
    Stones nao,tocaram varias musicas que na verdade quase ninguem sabia cantar,o pessoal só estava lá mesmo por que era de graça,só mesmo umas duas musicas fizeram o pessoal se animar,e ainda eles deixaram para toca-las bem no final(talvez seja para segurar um pouco a audiencia da globo…rs).
    Sem duvidas U2 dá um verdadeiro show!!!!!

  16. cara, acho q a resposta de q o u2 é maior q rolling stones e beatles juntos esta ae, o u2 levou mais de 80 mil pessoas ao morumbi com ingréssos a mais de 300 reais, 120 mil pessoas se somarmos os dois shows com direito a acampamento ao lado de fora, já o stones com show ao vivo em copa cabana 1 milhão? 1.5 milhão? ok mas de graça, agora será q rolling stones levaria 50 mil pessoas q fosse ao orombi com ingréssos a 50 reais?

Leave a Reply

Your email address will not be published.