The real Brazilian bombshell

Não li a biografia de Carmen Miranda escrita pelo Ruy Castro.

Tenho certeza de que se trata de leitura agradável, embora os meus gostos atualmente se inclinem para a biografia de Stalin por Isaac Deutscher ou para as memórias de Churchill, livros não lidos mas bem na frente em ordem de preferência por interesses pessoais. São esses interesses que me dão a certeza de que, se eu ler a história da luso-brasileira, vai demorar muito tempo, e que só vou ler antes de ler qualquer biografia de escritores, que não valem nada, nunca, porque se escritores têm alguma coisa interessante a dizer eles dizem em seus livros.

De qualquer forma, mesmo sem ter lido tenho certeza de que o Ruy Castro fala desta foto, de Carmen Miranda rodopiando nos braços de Cesar Romero e mostrando para as câmeras a verdadeira brazilian bombshell.

É uma das fotos mais famosas da história de Hollywood, mais famosa até que os lendários filminhos de sacanagem da Joan Crawford, aqueles que ninguém viu mas de que todos ouviram falar. E talvez por essa foto se entenda por que Cesar Romero fez, anos mais tarde, o Coringa do seriado do Batman na TV. Porque ele tinha que rir de alguma coisa.

Só não sei se ele também fala de outra, de Carmen cantando num palco pequeno, e de um protótipo de paparazzo pegando um ângulo adorável e sugestivo.

Não sei que conclusão se pode tirar do aparecimento das vergonhas da Carmen. Não é só não usar calcinhas para não marcar a bunda, não pode ser. É mais que isso. Talvez seja uma atitude. Talvez seja um vacilo.

A única conclusão que eu consigo tirar é a de que, com toda a certeza do mundo, nesses dois dias Carmen Miranda não estava menstruada.

19 thoughts on “The real Brazilian bombshell

  1. Talvez ela não estivesse nem aí mesmo. Mas mostrar o que ninguém mostra e fazer de conta inocentemente que é acidental, que é vacilo, é uma forma de poder. Ela com certeza sabia que era vista, e devia ter consciência do poder que teria sobre os que ficariam hipnotizados com a visão.

  2. Me desculpem os fãs de C.Miranda (que às vezes são os grandes fãs do Fantástico e “especialistas” na teledramaturgia brasileira) mas a digníssima, não só por essas fotos, me lembra a liderança incontestável do Brasil no turismo sexual – talvez não por dolo mas por culpa…

  3. Vc num tem mesmo o q fazer, né Rafa?
    Olhe, mostrar ‘as vergonhas’ e um ato desavergonhado mesmo. E a Viva tem razão … calor tb dá nisso!
    Franciel, gostei. Q a brisa beija e … balança?? rsrsr
    Bjo, lindinho!

  4. Ô meninu! eu nem sabia que ela dançava assim livre, leve e solta! Viu que excesso de liberdade. Também com tanto cucaracho na cabeça, o quê esperava? bom fim de semana! Beijus

  5. É Galvão…ter livros na fila de espera para serem digeridos sempre nos deixam com uma angústia do “quero tudo!”.
    Bom domingo!

Leave a Reply

Your email address will not be published.