Reconciliação

Eu detesto comprar roupa. Detesto ficar rodando de loja em loja atrás de alguma coisa, detesto experimentar roupa para ver se veste bem, detesto comparar preços. Detesto, acima de tudo, vendedoras me rodeando com ar solícito, precisa de alguma coisa, senhor?, e eu com aquela cara de pobre que não sabe como foi parar em festa no Jockey, prestes a pedir socorro.

Minha sorte é ter tantas mulheres em volta de mim que fazem a caridade de comprar essas roupas. Minha vida fica mais simples assim. Elas já sabem do que eu não gosto. Elas compram, eu visto, se ficou bom eu fico.

Uma namorada, há alguns anos, dizia que eu tinha vocação para paxá. Vai ver ela tinha razão, ainda mais quando penso nas circunstâncias em que disse isso. Mas paxá não sou, e a vida tem suas exigências, quase intoleráveis para quem poderia prescindir desse cotidiano inapreensível. Eventualmente vejo uma coisa de que gosto muito, entro na loja, peço o meu tamanho, pago e levo embora, e tento ser rápido o suficiente para evitar ser soterrado por aquele desvelo profissional e sufocante. Minha experiência de compras se resume a isso, e de mais não sinto falta.

É um caso grave de incompatibilidade que não pode ser solucionada, e não tenho nenhuma esperança de vir a sentir algum dia essa paixão por roupas, não importa quantos anos eu viva, ou em quantas lojas entre.

Mas quando paro em frente a um sebo eu finalmente entendo o que elas sentem diante de uma loja de roupas com suas etiquetas anunciando promoções tão sedutoras, e nossos espíritos, por um instante, se reconciliam.

14 thoughts on “Reconciliação

  1. Eu tenho um amigo que é gerente de uma das lojas Riachuelo. Segundo ele, a loja tem três provadores masculinos e dezessete femininos, se não me falha a memória e ainda faz fila para os provadores femininos. Por aí vc vê que o MKT já sabe que homem tem pouca paciência para ficar provando roupas.

  2. Rafael nos traduziu em poucas palavras e, finalmente, alguém fez uma comparação inteligente e procedente entre o universo masculino e feminino. Entendo perfeitamente suas palavras pois essa semana, por coincidência, estive num sebo e numa loja de roupas. Na sebo passei duas horas e adquiri cinco livros que me deixaram muito satisfeito comigo mesmo; na loja de roupas passei 20 minutos e comprei três peças, das quais duas não me agradaram quando as provei… em casa.

  3. Tudo bem que homens geralmente não gostem de comprar (e principalmente provar) roupas, e que mulheres adorem comprar roupas e achem necessário provar tudo.
    Foda é achar que mulheres se interessam tanto por roupas como homens se interessam por livros. Viajou, que comparação machista!!!
    Embora admitindo que os homens escrevam mais e melhor, é provável que haja mais mulheres que homens interessados em leitura. Principalmente num país onde a maioria dos homens é tosco, insensível e … machista!
    Pra adoçar, amenidades: O Seinfeld uma vez comentou que as mulheres têm o dom de colocar uma roupa no cabide à frente do corpo, inclinar o tronco para trás e, olhando no espelho, saber imediatamente se lhe cai bem ou não. “Essa roupa vai servir perfeitamente para uma ocasião em que eu precise ficar com um pé à frente e inclinada a 45 graus pra trás!

  4. Primeiro eu gostaria de agradecer sua ilustre visita no meu singelo “pseudo-blog”.

    Agora vou te dizer: eu tb odeio comprar roupa, principalmente aquela que vc tem q experimentar de várias lojas antes de decidir.
    Sou mulher, mas juro que prefiro passar uma tarde inteira cinzenta num bom sebo…rs

  5. Eu até ia comentar, mas o hermenauta disse tudo e, sinceramente, foi a melhor definição entre o abismo homem/mulher que já li! Agora, eu posso mudar de Shoptime para Mercearia???

  6. Este post é minha cara. Adoro livros e odeio comprar roupas. Resolvi isto fazendo UMA compra de roupas por ano. Muno-me de toda minha paciência, chamo minha esposa e lá vamos nós para as compras. Compro TUDO que está faltando em uma tacada só, normalmente em UMA única loja. Minha mulher e minha filha me acham louco, dizem “Eu nunca iria fazer compras do jeito que você faz!”. Bem, eu também nunca faria compras com elas fazem: se puderem compram algo TODO sábado e, às vezes, durante a semana também (só são refreadas por um único motivo: falta de din-din).

  7. Oh yeah, no me gusta menos pouco compral roupa. Hoje muito faço pela internet, inclusivu pornoshops for strap-ons i CDs.
    Abraçios.
    Shmor

  8. Pois então vocês homens, não gostam de comprar, provar roupas,etc; porém é uma necessidade inevitável, talvez não para o ego como as mulheres, mais uma necessidade mais sensata, e racional, pelo simples fato de terem que andar vestidos. E para suprir essa necessidade de vcs como que vocês gostariam de adquirir suas roupas? Como gostariam de fazer suas compras? como gostariam que fossem atendidos em uma loja?Como deveria ser o ambiente pra vcs?Como seria o lugar ideal para que vocês permnecem mais que o nomal dentro de uma loja?

Leave a Reply

Your email address will not be published.