Da arte de dar bons conselhos

Fulana diz:
Eu queria ganhar dinheiro conversando. O problema é que não existe muita gente com saco pros meus assuntos.

Rafael diz:
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

Fulana diz:
O legal é que eu digito super rápido. Então, daria para atender vários clientes ao mesmo tempo.

Rafael diz:
Ué, faz um MessengerSex. Não tem phone sex? Daqui a pouco os tarados vão pagar pra fazer sexo virtual. Nunca subestime essas coisas.

Fulana diz:
HEHEHEHEHE!!!! Que idéia boa!!!

Fulana diz:
Se bem que eu correria o risco de enjoar de sexo. Principalmente se os caras fossem burrões, se escrevessem muito errado…

Rafael diz:
Enjoa não.

Rafael diz:
Se fosse assim puta não se apaixonava.

Fulana diz:
Ah, mas você acha que eu ia ter algum cliente de alto nível? Até parece! Imagina eu me apaixonando por alguém que escreve: “oi putinha eu sinto uma tezaum enorme por vc. quero tranzar com vc, gostoza.”

***

Beltrana diz:
Rafa… qual o segredo prum cara se apaixonar? De verdade?

Rafael diz:
Um bom boquete.

Beltrana diz:
Não entendo onde é que eu erro.

Beltrana diz:
hauahuahuahuahuah

Beltrana diz:
não hehehe

Beltrana diz:
pra ele querer que eu seja dele, e de mais ninguém hehehe

Rafael diz:
Ah, aí só dando a bundinha.

Sério? Eu só queria saber o que faz uma pessoa me pedir conselhos a essa altura da minha vida.

Originalmente publicado em 16 de setembro de 2004

8 thoughts on “Da arte de dar bons conselhos

  1. Com relação a sua pergunta crucial. Talvez seja pela sua aparência de intelectual…As pessoas esquecem que as aparências enganam… hehehe

    bjs fofo

Leave a Reply

Your email address will not be published.