Darwinismo

Tem algo de pungente, de melancólico em “A Era do Gelo”. E não me refiro aos momentos entre o mamute, o dentes-de-sabre ou qualquer outro.

A luta pela sobrevivência, o tema básico do filme, parece tão inútil. Nenhuma daquelas espécies sobreviveu. E apesar de todo o esforço dos bichos para salvar o bebê, os neanderthais tampouco conseguiram enfrentar a competição com o homo sapiens.

Toda aquela luta, lá no fundo, foi em vão.

5 thoughts on “Darwinismo

  1. Rafa, o pai do Darwin é tido como o primeiro sujeito a plantar maconha na Inglaterra. Você sabia disso? Eu nem sonhava…

  2. E ainda, em “A era do gelo”, o único sobrevivente foi o esquilo que buscou sua noz o tempo todo…. congelou, e não satisfeito, quis agüentar com um côco. Mas é claro, não conseguiu novamente.

  3. Nem vi esse filme, mas todo mundo gostou. Morre todos os bichinhos, é??? Se é assim, num vou ver não!

  4. Mas todas as lutas são. Aliás, viver é em vão. Todo mundo vai morrer. :c) A diferença é que as gerações descendentes vão mudando, aos poucos… e eles não vão morrer. Darão elefantes, pumas, homo sapiens etc. Enfim…. eu não acho que foi em vão, não. :c) Foi apenas um momento. Todo mundo morreu? Claro. Mas você também vai morrer. Terá sido em vão? :c)

Leave a Reply

Your email address will not be published.