Mais autistes savants

Quando morava em Fortaleza, havia uma agência que eu admirava e até invejava.

Ela fez alguns anúncios que considero brilhantes. Aliás, não só eu: esses anúncios foram premiados nacionalmente e entraram em short lists de vários festivais internacionais.

Só havia um consolo para mim, mesmo naquela época: seus anúncios podiam ser melhores que os da minha agência, que não tinha um bom diretor de arte; mas em mídia eletrônica eu os engolia. Enquanto estive aqui, nunca fizeram um comercial ou um spot de rádio melhores que os meus.

Bem, vi um anúncio deles hoje. E reforçou uma impressão que eu já tinha há algum tempo. É fácil fazer anúncios sem briefing definido, sem aquela obrigação obsessiva de vender um produto. Qualquer aluno de faculdade de comunicação faz dezenas deles. Mas quando se trata da realidade dura e cruel, quando o negócio é para ser levado a sério, a média deles é bem inferior à da minha ex-agência.

São mais ou menos como os autistes savants do post abaixo (mas estou me referindo a pesoas diferentes, aqui). E mesmo tanto tempo depois, isso me serve como um pequeno consolo.

2 thoughts on “Mais autistes savants

  1. Hummmm aí já não entendo nada, mas esses comerciais da coca cola (Essa é a real) são muito bons.

Leave a Reply

Your email address will not be published.