Protesto

Venho por meio desta expressar meu profundo descontentamento com o novo disco dos Beatles, que sairá dia 17 de novembro. Durante meses, especulou-se que seria, finalmente, a versão original do Get Back, que em meio à separação dos Beatles foi re-produzido por Phil Spector, e lançado com o nome de Let it Be em maio de 70, um mês após o fim oficial da banda. Pelo menos era o que McCartney dizia.

A capa original do Get Back era brilhante: uma reprodução, 7 anos depois, da capa de seu primeiro LP, Please Please Me, em que os ídolos barbudos se contrapunham como uma versão envelhecida daqueles garotos ansiosos de 1962. Sua proposta, embora mal sucedida, também: os Beatles de volta ao básico, gravando ao vivo no estúdio, mas carregando nas costas 7 anos de uma vida louca.

O que a Apple vai lançar agora se chama Let it Be Naked, com duas músicas a menos (Dig It e Maggie Mae) e uma a mais (Don’t Let Me Down). Pelo menos são as versões sem os arranjos orquestrais de Spector. Mas isso quer dizer pouca coisa. Porque que realmente importa não é o disco em si (já que a coisa mais fácil do mundo é achar as gravações do Get Back em discos piratas); o que importa, mesmo, é o espírito do projeto, em que os Beatles finalmente completavam o seu próprio ciclo.

Sempre fiz questão de comprar não só os CDs, mas também as versões em LP dos novos discos dos Beatles, como a série Anthology (3 ábuns triplos) e o Live at BBC (um álbum duplo), que só são lançadas na Inglaterra. Mas dessa vez, em protesto, acho que vou me limitar a baixar as músicas no iMesh. Para ver se eles aprendem a respeitar os fãs.

2 thoughts on “Protesto

  1. Você disse que, neste caso, o que importava era o projeto. Acho que você está certo. E acho, também, que os produtores do CD não perceberam essa sutileza. Sutileza nada sutil, por ser peça chave para a concretização de uma intenção desse tipo. Fazendo uma analogia colocando os Beattles como material de construção, ouso dizer que a construção de uma casa se resume a empilhar tijolos aleatoriamente. Enfim, pegaram o material de construção mas não fizeram o projeto da edificação.

  2. Eu acho que eles não querem matar a “galinha dos ovos de ouro”, ainda. Assim, devem estar aguardando para lançar mais tarde (algum dia).
    Como é também o caso do filme “Let it Be” (dvd oficial, com cenas bônus)há muito aguardado, ou o dvd do show do “Shea Stadium” (no caso, eu tenho um pirata).

Leave a Reply

Your email address will not be published.