O fim de uma era

O PageMaker foi fundamental para a evolução do desktop publishing, a maior transformação que a indústria gráfica experimentou em quase meio milênio. Foi também o killer app que, depois ter praticamente crrado o Macintosh, possibilitou a ascensão do Windows, transformando, por sua vez, a correlação de forças entre o PC e o Macintosh.

É o PageMaker que a Adobe está deixando morrer agora. Anunciou que está tirando o programa de circulação, substituindo-o definitivamente pelo InDesign.

É uma morte anunciada. A última versão do PageMaker, a 7, foi o primeiro downgrade da história: tinha menos recursos que a versão anterior, a 6.5. Era uma maneira de forçar seus usuários a migrarem para o InDesign.

É impossível avaliar o número de pessoas que criou uma carreira sobre o PageMaker. E o triste é que dificilmente eles sentirão saudades. Culpa desse mundo que não pára de mudar.

One thought on “O fim de uma era

  1. to precisando da história do Pagemaker, tem como vocês mandarem pra mim eu ficaria muito grato

Leave a Reply

Your email address will not be published.