Os dois e-mails de Bill Clinton

Pouco antes de Clinton sair da presidência de Eviland, assisti a uma entrevista em que ele discorria sobre futuro e tecnologia.

Poucas vezes vi alguém tão preparado, tão consistente e tão seguro do que estava falando. Parecia que Clinton tinha feito isso a vida inteira, que passava suas tardes conversando com gurus das melhores universidades do mundo.

Como eu sempre soube que Clinton era mais inclinado a descobrir usos inovadores e gostosos para charutos a especular sobre o futuro da tecnologia, fiquei pensando que aquilo, sim, era uma assessoria competente. O que nem de longe é um demérito para ele. Clinton era a prova de que um sujeito que escolhe assessores mais inteligentes que ele é mais inteligente que seus assessores. E o seu carisma era algo de outro mundo.

Mas jamais poderia imaginar que o seu uso da tecnologia fosse tão ínfimo: em 8 anos na Casa do Mal Branca, Bill Clinton mandou exatos 2 e-mails pessoais.

Cada dia mais admiro Bill Clinton. É um artista.

7 thoughts on “Os dois e-mails de Bill Clinton

  1. Aí fico pensando nas diferenças entre nós e eles…se o lula tivesse enfiado um Cohyba numa vagaba capaz de guardar um vestido sujo por meses a fio, para depois incriminar um amante que ela sabia casado, desde o começo, certamente ganharia um terceiro mandato.

Leave a Reply

Your email address will not be published.