Aos homens de pouca fé

Um estudo de dois cientistas russos dá base científica à travessia do Mar Vermelho, relatada no Êxodo. Segundo eles, é perfeitamente possível que as águas tenham se “dividido” e logo depois da passagem dos hebreus tenham voltado ao normal, graças a um recife que atravessa o tal Mar.

E eu acreditando, durante tantos anos, que aquilo era só mais uma conversa de pescador de Moisés — que segundo Nizan Guanaes é o maior corretor de imóveis da história: fez um povo inteiro andar 40 anos para ver um terreno (por sinal, muito do vagabundo).

2 thoughts on “Aos homens de pouca fé

  1. entao.. e até hoje continuam discutindo a posse do tal terreninho.. tem outra teoria que diz que os judeus não estavam logo a frente de seus algozes..e sim varios meses ou semanas a frente; e que uma alteração climática(seca) e uma maré de sizígia- marés muito baixas,sob influencia da lua – explicariam o fenomeno do mar se abrir… uma mare muito baixa teria permitido a passagem do povo hebreu e , semanas ou meses depois, o tal fenomeno teria acabado, voltando aos niveis normais, impedindo a passagem dos egipcios. Em Abrolhos acontece algo parecido, com o mar em locais de 10 metros de profundidade fica a seco, permitindo andar sobre os rochedos. Lulu tumem é curtura!

  2. Nunca parei para calcular qtos quilometros dá para andar em 40 anos!!! (Mas deve ser um bocado!)

Leave a Reply

Your email address will not be published.