Eu falo, tu fales, ele fale, eles falem

Eu adoro verbos defectivos.

Esses verbos às vezes dizem muito sobre como vemos o mundo, como aceitamos ou distorcemos a realidade.

O verbo falir, por exemplo. No presente do indicativo ele só tem duas conjugações, na primeira e segunda pessoas do plural. Isso quer dizer nós podemos falir neste momento, e então o fracasso pode ser admitido por ter vários pais; mas eu, sozinho, não posso.

A falência deve ser plural, nunca singular. É como gostaríamos que fosse. Porque a verdade, infelizmente, é justamente o contrário.

4 thoughts on “Eu falo, tu fales, ele fale, eles falem

  1. Ah, mas ela é plural sim. Com o fechamento da Mesbla, por exemplo, imagine quantas famílias de funcionários decretaram falência. Hmmm… E lembra-se das lojas Brasileiras? Pois é.

  2. Ah, gente! Falei em Mesbla e esqueci de perguntar: O Ricardinho Mansur ainda está namorando a Piovani? A Bündchen eu sei que voltou pro di Caprio.

  3. vai ver q é pq o termo tem aplicação muito restrita, somente às pessoas jurídicas, não?
    às físicas se aplica a insovência, nunca a falência

Leave a Reply

Your email address will not be published.