The eastern trees bear a strange fruit

Blood on the leaves, and blood at the roots...Se esses xiitas iraquianos são selvagens, o que devemos dizer de quem joga bombas e mata milhares de crianças?

Cada vez mais me convenço de que usamos dois pesos e duas medidas para julgar civilizações diferentes. Não que esses iraquianos em questão não sejam selvagens, longe disso. É difícil conceber a alegria que sentiram em torturar e linchar esses americanos, é algo meio irreal e repugnante. Mas a forma como abordamos os atos deles é bem diferente de como abordamos os nossos, da civilização ocidental.

Sua selvageria, se não é justificável, tem uma origem.

E é difícil deixar de pensar que, se bombardeassem minha casa, se invadissem meu país e me tirassem a minha soberania, se matassem aqueles que amo e aqueles a quem admiro, se eu visse crianças mortas e cadáveres espalhados pelas cidades, eu provavelmente me tornaria um selvagem, também.

2 thoughts on “The eastern trees bear a strange fruit

Leave a Reply

Your email address will not be published.