Aquele desgraçado do Balzac

Conversando com duas amigas, ambas na minha faixa de idade, e ouvindo suas reclamações a respeito dos homens.

Segundo elas os homens se dividem entre os que não querem nenhum tipo de compromisso e os neuróticos.

Enquanto isso outra amiga, também trintona, não tem problemas desse tipo. Vai levando a vida e escolhendo (nem sempre sabiamente, é preciso dizer) o que ela lhe apresenta. Suas preocupações na verdade são outras.

A diferença entre elas, percebo agora, é simples. A que não tem problemas não faz a mínima questão de casar. Pelo visto é esse o problema: essa necessidade, presente em tantas mulheres, de um “relacionamento” a longuíssimo prazo.

Como as coisas estão difíceis, essa eterna luta das balzaquianas força algumas delas a procurar nichos específicos. Homens divorciados com filhos, por exemplo.

Uma das duas amigas que estão em pé de guerra com o mundo masculino me explica que pais divorciados são atraentes porque a) indicam que são capazes de entrar em relacionamentos estáveis; e b) são mais maduros emocionalmente.

Acho que essa tese é uma grande bobagem; para mim, esses elementos a) são incapazes de continuar casados, b) são imaturos e preferem ser solteiros, ou c) têm sérios traumas de guerra. Conselho: prefiram os viúvos, esses agüentaram até o fim. Verifiquem, no entanto, se a falecida não morreu em um acidente mal explicado. Por garantia.

Mas fiquei pensando nisso. Somos atraentes, hein? Isso me dá idéias.

Como eu não sou idiota de botar minha filha numa roubada dessas, vou fazer como Hugh Grant em About a Boy e inventar um filho. Melhor, vou alugar um menino. Tem que ser bonito para indicar minhas qualidades de reprodutor; vou ver se minha irmã me empresta meu sobrinho, é mais barato. Aí faço passeios pelos shoppings, por teatros infantis e, se no Rio, pelo Baixo Bebê. Depois invento que meu amado filho não foi com a cara dela.

Do jeito que as coisas vão, isso bem que pode dar certo.

7 thoughts on “Aquele desgraçado do Balzac

  1. Com certeza!
    Imagine eu que tenho 3 gurís.
    O sucesso é enorme…
    As mulheres estão deseperadas.

  2. Oi Rafa… nossa eu estava falando disso hoje!!!! Como as mulheres estão querendo homens “maduros” e com filhos ja… pois ja vem o pacote completo. Agora ter filhos e ser mais velho não da garantia de nada… e escolher muito é prejudicial pois acabamos sendo escolhidas… Nossa viajei né? =)
    beijos procê

  3. com certeza! também vou fazer isso. minha filha acho que até colaboraria, mas como está longe vou pegar meu sobrinho que também é lindo. vai dar certo! TEM QUE DAR CERTO! rs…

  4. Oi, Rafa

    Bom, vc mais do que ninguém sabe que já passei por uma experiência dessas -desagradavel demais- e estou aqui !!! Aliás, já que queres entrar para o “mundinho sujo dos canastrões” vou lhe ajudar : não é necessário a criança existir não, muito menos, frequentar lugares infantis. Basta vc ter uma foto da criança na carteira, receber telefonemas para discutir coisas do tipo: ” vc vai pega-lo hj ? e falar muito no pequerrucho. PRONTO !!!!! Está resolvido e o golpe dará certo.Ah, e quando quiser sumir é só falar “hj ele vem dormir comigo !
    É mais fácil, não ?
    Depois vc me agradece… 🙂
    Beijos saudosos niteroienses,
    Nath

  5. Rafinha, concordo plenamente com seus argumentos. Só uma coisa não me ficou clara:
    você é incapazes de permanecer casado, é imaturo e prefere ser solteiro, ou têm sérios traumas de guerra?
    😉
    beijos.

  6. Otimo, vocês estão dizendo que as mulheres querem homens com filhos. Bem isso não é assim verdade..eu por exemplo abomino homem com filho. Eu não quero pegar alguém com kit surpresa. E muitas vezes é só isso que aparece, pq é isso que está por aí. Acho que cada macaco no seu galho. Sou solteira, formada e sem filhos e estou buscando alguém solteiro, formado e sem filhos também..e aí? como explica??

    Agradeço desde já.

    Att

  7. que engraçada, a visão maculina, realmente as mulheres querem os homens, mas e os homens não querem também alguém pra dividir,um cafuné ou uma xícara de café?????que inporta se tem filhos ou sem filhos, o que vale mesmo é o coração!!!1

Leave a Reply

Your email address will not be published.