Notícias estranhas em um blog esquisito (XVIII)

Um sujeito foi preso nos EUA porque chupou os dedões e beijou os pés de duas mulheres e uma garota, de surpresa e sem o seu consentimento, claro.

Já sabem qual a identidade do sujeito, mas ainda assim é bom lembrar que o Alexandre já tem um álibi.

***

Joanne Webb tem três filhos e já foi professora.

Deve ter sido o seu passado no magistério que a fez explicar didaticamente como funcionava o vibrador que estava vendendo a um casal numa festa. Mas os pombinhos lúbricos eram dois policiais disfarçados, que a prenderam por isso.

Segundo a lei do Texas (não custa lembrar: é a terra de Bush), você pode vender acessórios sexuais, mas se mostrar como eles são usados, vai em cana. Não importa que esteja vendendo para adultos. É atentado ao pudor.

E assim mais um aspecto da conjuntura perniciosa que gerou os Novos Estados Unidos é explicado.

***

A tripulação de um vôo russo, de lata cheia, desceu o sarrafo num passageiro.

Tudo bem que o excesso de vodca deve ter ajudado na iniciativa da tripulação. Mas quando lembro das aeromoças das empresas brasileiras — que certamente já foram mais bonitas e mais gentis –, tenho a leve impressão de que não vai demorar muito até esse hábito se tornar praxe no Brasil.

***

Uma cartomante foi presa sob a acusação de tentar roubar uma grana de uma moça.

Incompetente. Se ela não consegue prever que vai em cana, como vou acreditar que vou ser rico, ferreamente saudável e cheio de mulher?

***

Um alemão de 76 anos foi dar aulas de direção à sua esposa, de 78. A velhinha, tadinha, errou muito — e irritou o marido a ponto de ele encher-lhe de porrada.

Nunca é tarde para aprender. Nem para quebrar a cara daquela velha chata que não larga do seu pé há tantos anos.

***

Peter Frampton está processando uma fábrica de biquínis por ter colocado em um de seus modelos a frase “Baby, I Love Your Waves“, e um retrato seu na parte de trás.

O que está em questão aqui não é o direito autoral. É a diferença entre esses saxões e os baianos.

Dorival Caymmi e Jorge Amado discutiam sobre as avenidas que levam seus nomes, em Salvador. Caymmi se sentia superior, e com razão, porque a sua tinha mais motéis. Aquilo era uma honra que poucos merecem.

Esses ingleses não entendem nada da vida. Nós, baianos, teríamos muito orgulho de tão bela homenagem. A bundinha, hein?

***

Um ladrão, ao roubar apressadamente um carro, levou junto a sogra do dono

Infelizmente bateu o carro 40 minutos depois, e fugiu deixando a senhora no carro.

O genro está desesperado. Que ninguém se admire se ele oferecer uma recompensa para que o ladrão volte e termine o que começou. Ele não aceita devolução. Coisa feia, dar esperanças durante 40 minutos a um pobre sujeito e então tirar o doce de sua boca.

***

80% das alemãs solteiras dizem que são perfeitamente felizes sozinhas.

Elas estão com a razão. Não deve haver coisa pior que viver com um alemão no seu pé.

***

Camareiras de hotel na Noruega (para ver como o pau está comendo nesse aspecto por lá, dêem uma olhada neste post da Liza no Culture Kitchen) estão pedindo que os hotéis parem de disponibilizar canais pornô, alegando que os hóspedes empolgados ficam dando em cima delas.

E eu acho que elas apenas estão cansadas de achar a vida gozada.

2 thoughts on “Notícias estranhas em um blog esquisito (XVIII)

  1. Ah, Rasti. Sou fã incondicional das comissárias de bordo. Ok, o nível “médio” caiu, mas ainda tem muitas aeromoças incríveis, mundo afora. Quando as gurias são lindas, meu amigo, todos os fetiches voltam em plenitude! Que saudades tenho da “minha” Paula! :c(

Leave a Reply

Your email address will not be published.