Rafael, o conspiracionista

Acabo de me juntar às hordas de conspiracionistas paranóicos e alucinados espalhados pelo mundo.

Motivo: esta entrevista do sujeito que escreveu “How Soccer Explains the World”.

Franklin Foer consegue dar uma entrevista sobre futebol e só falar rapidamente de Pelé, de maneira depreciativa. E mesmo assim para fazer um elogio enviesado a Maradona, que sequer é citado no livro.

Nenhuma palavra diretamente sobre o Brasil. A única coisa em que o país é indiscutivelmente o melhor, e nada. Como alguém pode escrever um livro com a sublime pretensão de explicar o mundo — que para o sujeito, ao que a entrevista indica, consiste basicamente nos Estados Unidos — e não falar das tantas e tantas seleções brasileiras que redefiniram o esporte só pode ser explicada como uma torpe conspiração encabeçada pelo Larry Rohter.

A partir de agora vejo teorias da conspiração em tudo. Acredito até em disco voador.

2 thoughts on “Rafael, o conspiracionista

Leave a Reply

Your email address will not be published.