It looks as though they're here to stay

Lendo uma entrevista de Chuck Berry — que completou 78 anos por esses dias –, me surpreendo com uma declaração dele:

Q: If you had one piece of music that would play in your mind forever, what would it be?
A: The song “Yesterday.” I wish I’d have written it. It fits me to a T. I can hear it over and over and over.

Eu sou o único beatlemaníaco que simplesmente passa batido por Yesterday? Certo, a canção é bonita. O arranjo pode ser considerado revolucionário. Na história dos Beatles, é a primeira canção “solo”, já que nenhum outro beatle participa da música. Criou ciúme dentro da banda. Serviu para uma pequena vingança de McCartney (contra a mãe de uma ex-namorada, que disse que ele não tinha sentimentos: no dia em que a apresentou ao vivo pela primeira vez, ligou para ela e mandou que assistisse ao programa. “Vamos ver se eu não tenho sentimentos”). É a música mais regravada do mundo. A mais tocada.

E com tudo isso, eu passo direto de I’ve Just Seen a Face para Dizzy Ms. Lizzy.

***

De qualquer forma, esse é um elogio e tanto vindo de Chuck Berry — que além de ter definido o papel da guitarra no rock and roll foi um dos melhores letristas de sua geração.

Em Memphis, Tennessee ele fala com absoluta simplicidade sobre um pai que mora longe da filha. Em Brown Eyed Handsome Man, sobre as vantagens sexuais de um homem negro — e prenunciou em vários anos o black is beautiful. Havana Moon conta uma história deliciosa de desencontro, doce como poucas canções daquela época. Para alguns mais empolgados, School Days prenuncia maio de 68.

Um fato de que pouca gente lembra é que os Beatles eram uma grande banda cover. Compare, por exemplo, sua versão de Twist and Shout com a original dos Isley Brothers. Mas quando a música é de Berry — normalmente cantada por Lennon, que o apresentou uma vez como “meu herói” — suas versões são fidelíssimas, reverentes, até. Lennon seria processado por plágio de You Can’t Catch Me em Come Together, e se as pessoas prestassem atenção veriam que Beautiful Boy deve muito, muito a Havana Moon. Os Beatles simplesmente não tinham coragem de alterar as músicas de Chuck Berry. Isso deve significar alguma coisa.

3 thoughts on “It looks as though they're here to stay

  1. Rafael meu velho! Assisti ao Beatles Antology III e IV e senti de Yesterday exatamente o que você falou, criando ciúmes dentro da banda. De Chuck Berry vou seguir tuas dicas. Abração.

  2. Chuck Berry é Jesus-Deus.
    Keith Richards e John Lennon são Pedro e Paulo.
    “Long distance information
    give me Memphis Tennessee
    Trying to find the party
    trying to get in touch with me
    You do not have to tell me
    who it was that made the call
    ‘Cause my uncle took a message
    and he wrote it on the wall”.
    Essa música é sensacional.
    Você já escutou “Lazy Pedro”?

Leave a Reply

Your email address will not be published.