Na poltrona ao lado

Olhando para o lado de soslaio, como quem não quer nada:

Ricardo Montero, o Homem Baile, escreve alguns dos melhores contos curtos que já vi na internet.

Alguns dos contos são brilhantes, com um senso de humor surpreendente, e uma leveza que tem sido difícil de encontrar ultimamente; e assim eis um belíssimo blog que andou passando despercebido por tempo demais.

***

A Mônica, do Monicômio, está escrevendo uma série sobre sua vida na terra do xador.

Ela já tinha ensaiado algo sobre o assunto nos tempos do Blogger, mas só agora parece resolvida a contar tudo, e a experiência de uma menina em um lugar em estado de guerra como o Iraque não pode deixar de ser muito, muito interessante.

***

É hoje. Nos últimos dias descobri que Kerry, além de ter tocado um baixo muito do vagabundo numa banda chamada The Electras, pastiche medíocre dos Shadows e ruim de doer (e que está aproveitando o sucesso de seu antigo integrante para descolar um troco), tem como disco favorito o Abbey Road, dos Beatles. Ninguém que tenha o Abbey Road como disco favorito pode ser má pessoa. E o sujeito encontrou John Lennon uma vez.

Se você vota nos Estados Unidos, além de dar meus pêsames eu queria pedir que você votasse em Kerry. No mínimo porque ele gosta do Abbey Road. No máximo, porque o mundo com Bush Jr. vai ser um porre. E, como é praxe, nós cá na periferia vamos pagar o pato pelos americanos fazerem uma burrada tão grande.

5 thoughts on “Na poltrona ao lado

  1. Além de ter o Abbey Road como disco favorito, existe um outro fato que, a se acreditar na história muito estranha publicada abaixo, é mais um motivo para votar Kerry:

    Ele inventou o feedback de guitarra!!!

    http://www2.mtv.terra.com.br/drops/drops.php?id=6567

    Muito se debate a respeito de qual dos grandes guitarristas do rock teria inventado o feedback, técnica de aproximar a guitarra do amplificador que faz o mesmo “realimentar” o som emitido e gerar um ruído único, típico do rock & roll. Jimi Hendrix foi o primeiro a se aprofundar, mas antes dele Pete Towshend, com o The Who, e John Lennon, com os Beatles, já extraíam o estranho barulho de seus instrumentos.

    Para um sujeito chamado Gary Rand, tudo não passa de informação mal apurada. Em entrevista ao jornal americana USA Today, Rand garante que quem inventou o feedback foi um guitarrista que tocava em sua desconhecida banda The Electras, ativa em meados dos anos 60. Detalhe: o tal guitarrista se chamava John Kerry, hoje o candidato democrata à presidência dos EUA.

    “John Kerry, encarando seu amplificador com seu instrumento, criando o feedback. O resto de nós horrorizados, e ele olhando calmamente ao redor. Em retrospecto, podemos admitir que ele estava simplesmente experimentando com feedback, buscando alcançar outro nível de música, bem antes de Jimi Hendrix chegar lá”, disse Rand.

  2. Vim à poltrona de cá agradecer. Obrigada pela indicação. ;^)
    A “ex-menina” aqui está botando a cabeça pra lembrar o tanto de coisa legal que viveu no Iraque.
    ——-
    Bom, vim também dizer que gostei muito da poltrona do Homem Baile. Muito bom o blog.

  3. Ótima sua dica do Ricardo Montero, o Homem Baile. Há blogs que valem uma biblioteca!
    Pena que não sou yanke prá votar no Kerry…. ficamos por aqui, a torcer para que o Império fique menos imperialista um tiquinho que seja.

  4. Depois que você escreveu sobre o “Homem Baile”, o número de visitantes em meu blog aumentou muito, fato que denota a quantidade de navegantes que acompanha seus textos. Obrigado pelos comentários!
    Quanto à eleição nos EUA, um único consolo: em 2008, Bush não será candidato…

Leave a Reply

Your email address will not be published.