"Os Incríveis" em tópicos

“Os Incríveis” é o melhor desenho infantil para adultos já feito.

***

Todo o hype sobre o último filme da Disney/Pixar é merecido. “Os Incríveis” é brilhante, em animação, arte e roteiro.

Mas não é exatamente um filme para crianças. É um filme para adultos. Sua crônica das frustrações da classe média é excelente, mas passa longe do universo infantil.

E no entanto o filme agrada enormemente às crianças.

É uma característica que tem aparecido em vários outros desenhos animados nos últimos tempos. “Shrek 2”, por exemplo, é uma delícia — mas é mais para quem consegue entender aquele montão de piadas internas e referências.

Clássicos como “Branca de Neve e os Sete Anões”, e até mesmo “Rei Leão”, apelavam aos adultos pelo que tinham de infantil. Era no reconhecimento dessa beleza infantil que estava seu atrativo. Mas as coisas mudaram.

***

Outra curiosidade: em determinados momentos não dá para diferenciar aquele filme, oficialmente um desenho animado, da maioria dos filmes de ação recentes. A razão: o uso cada vez mais intesivo de CGI nos filmes “comuns”.

Daqui a pouco atores não vão fazer falta, cinegrafistas trabalharão diante de um computador, e o Actor’s Guild of America vai produzir um documentário chamado Final Nightmare.

***

“Os Incríveis” tem uma coisa maravilhosa, que pouca gente notou: finalmente deixaram de lado aquela mania de usar estrelas de TV como dubladores e deixaram o assunto com os profissionais. Não dá para explicar o que é ouvir a voz maravilhosa do Marcio Seixas — amigo de muitas e muitas Disneylândias distantes — como o Beto.

***

Outro sinal dos tempos: o curta que antecede “Os Incríveis” é extremamente reminiscente da fase áurea da Disney, aí pela década de 50. No entanto, é decepcionante. Decididamente, a Pixar não é a Disney. Na verdade, nem a Disney é mais a Disney.

***

Os prognósticos, no entanto, são esquisitos. O que talvez seja o último filme da parceria Disney/Pixar, Cars, cujo primeiro teaser aparece antes do início de “Os Incríveis”, é uma tragédia em termos de animação. Dura, mal feita. Muito abaixo do nível da Pixar e da Disney. Inferior até mesmo a Wheelie and the Chopper Bunch, desenho animado da Hanna-Barbera dos anos 70.

11 thoughts on “"Os Incríveis" em tópicos

  1. falou tudo o que eu tentei explicar a quem ainda não assistiu. vai perder quem deixar de assistir porque ficou de saco cheio da propaganda 24/7 que o filme vem tendo.

  2. ‘ “Os Incríveis” é o melhor desenho infantil para adultos já feito. ‘
    Falou tudo! Fora a sensação sempre presente de estar assistindo a um filme do 007, salas gigantes, covil do vilão em um vulcão, parede de lava …
    Sem dúvidas o melhor!

  3. Também vi com meus filhos e adorei! Acho que não só tem semelhanças com o Shrek. Provavelmente é uma tentativa da Disney de recuperar o espaço perdido depois do Shrek, da Era do Gelo, etc. Muito, muito bem feito sim. Não tinha reparado a questão da dublagem, Rafael. Mas na certa contribuiu para o meu prazer com o filme. Abs,

  4. Dos trailers de “os Incríveis” eu não gostei, mas estava muito afim de ver o filme pela comparação com “Shrek 2” — que realmente é bem divertido, muito em razão das referências e piadas internas, como vc disse.

  5. nem vou postar o que tinha escrito, é isso aí! ma-ra-vi-lho-so – o desenho e seu post! só discordo que a animação anterior seja decepcionante. achei gracinha, é totalmente deiferente dos incríveis, cria um contraponto… (ontem estava tomando um chopp com uma ex-namorada… de repente nos pegamos falando de “expresso polar” e “os incríveis”… e percebemos que envelhecemos – fazer o quê?!)

  6. Eu estou aqui arrumada esperando o filosofo vir me pegar para ir assistir esse filme. Boas dicas, depois eu volto pra falar se eu gostei.

  7. Cheguei! Gostei de verdade, não é tão bobinho como muitos.

    Acho que o Biajoni não deve assistir… é coisa pra criança e ele é velho demais pra isso…

    :p

  8. Rafael, as crianças não exigem muito na hora de escolher um desenho, pelo contrário, querem o básico: um herói, uma luta, uma vitória,amizade, coragem, etc. O bom de inserir outras qualidades e informações dentro, é que à medida que vão crescendo, o desenho vai crescendo junto.Shrek vai ser assistido muitas outras vezes à cada passagem de geração e sempre com novos prazeres descobertos. Qual a diferença, para as crianças, da trilha sonora de Mogli? Mas escutar hoje a macacada levando um jazz pesado é incrível. Além do prazer antigo do próprio filme.

  9. os incriveis é de fato, uma animação mtu boa, mas realemte para adultos, e adultos bastante criticas. não sei se voces já notaram, mas aquilo é apologia do neoliberalismo do início ao fim. não que isso seja cbom ou ruim, mas aas crianças não sabem filtrar isso ainda( tenho minhas dúvidas se os adultos sabem), e aí se torna prejudicial, caramba!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *