A morte e a morte das alegrias que o Google me dava

O Guga já estava de saco cheio; mas não é por isso que as alegrias do Google estão morrendo.

Na madrugada de 2 de março, quando o Awstats faz seu relatório diário, a lista já estava em 622 buscas diferentes. O limite é de mil frases.

E dessas frases, virtualmente todas são a mesma repetição de sempre:

foto das meninas gostoza
fotos de penis pequeno
fotos de anorexia
diogo mainardi
resumo do livro a morte e a morte de quincas berro d agua
fotos de senhoras nuas
mulher fazendo sexo com cachorro
mulheres preferem penis grandes?
blogs com fotos de sacanagem
fotos de peitinhos
putas de aracaju
contos eroticos irma incesto
sexo com anãs

Eu olho para essas frases e vejo apenas as mesmas taras de todos os meses passados, sobre as quais eu já falei o que tinha que falar — e olha que de algumas tirei até o bagaço, como as piadinhas sobre pinto pequeno.

Então, as alegrias do Google estão morrendo. E a culpa é das pessoas que continuam vindo para cá com as mesmas frases doentes que usaram antes.

Podiam pelo menos ter umas taras mais criativas.

9 thoughts on “A morte e a morte das alegrias que o Google me dava

  1. Bem, buscas em outros blogs servem? Teve um cara que chegou no meu blog procurando por “fotos de vaginas volumosas” e outro procurando por “bichos desertos”. Além de um dizendo “quero comprar cogumelos mágicos como faço”. Vaginas volumosas é uma tara que até agora não vi por aqui…

  2. rs engraçado cheguei a este site fazendo uma pesquisa no google sobre fotos de anorexia…rs vc não é o único…rs
    abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published.