Fin-de-siècle

Seculozinho cansativo, aquele.

O que dizer de um período de tempo que começou com 14 anos de atraso, foi definido por apenas cinco homens — Darwin, Freud, Marx, Einstein e Hitler — e terminou numa noite qualquer de novembro de 1989? E que, pior, deixou um limbo de 12 anos, em que as coisas simplesmente não foram a lugar nenhum, até que o século XXI começasse no dia 11 de setembro de 2001?

Seculozinho de merda, aquele.

8 thoughts on “Fin-de-siècle

  1. Faltou Ford na lista. Perdoável, Hitler foi mais fordista que o próprio. Mas que a industrialização em massa (de bens, cultura, idéias, etc) foi a característica mais marcante do breve século 20, ah isso foi.

  2. Rafael nós nascemos, você nasceu. nasceu? hahaha!!
    Bom a maioria das músicas que gosto são de lá e de artistas…
    Acho que foi legalzinho como todas estas pausas.

  3. Você citou só homens; eu citaria uma mulher, só uma:
    Anita Ekberg! Como pensar no século passado sem a cena de Anita Ekberg banhando-se na Fontana di Trevi, em Roma, no filme La dolce vita?
    Para mim, essa cena valeu o século! Anita Ekberg valeu o século!

Leave a Reply

Your email address will not be published.