Quanto tempo o tempo tem

Deixa eu tentar explicar o que tem sido esse último mês.

Sexta, dia 22, eu finalmente consegui arranjar tempo para fazer um anúncio urgente que tinha sido pedido (com insistência desgradável para um baiano como eu) desde o dia anterior.

Eu parei num balcão, pedi uma caneta emprestada à atendente, rabisquei o anúncio no verso de um panfleto, peguei o número em um celular, liguei do outro e ditei o coitado.

Crianças, não tentem fazer isso em casa. Essas coisas fazem um mal danado à saúde.

11 thoughts on “Quanto tempo o tempo tem

  1. Caro Rafael

    acho que talvez quem sabe entrei num momento errado porque nao entendi direito: um anúncio num panfleto. Mas entrarei mais vezes, tudo de bom para vc.

  2. Dear Ralph,

    passed by just to say Happy New Year. Liked your posts a lot. That one about Christ deserves to be in an anthology. Don´t stop posting, please.
    (by the way, what the hell is bamboosha?)

    cheers

  3. Também não entendi nada. Acho que deve ser o efeito do final de ano. Mas se puder me explicar com calma depois das festas eu agradeço.
    Grande abraço e boas festas para você. Ah, e espero que o anúncio tenha dado bons resultados.

  4. Chute:
    Ele fez um “oi conta total”, e ainda não aposentou o telefone da Claro porque, por preguiça de bahiano, ele não transferiu a agenda de um aparelho pra outro, e também porque o Vivo continuará funcionando no modo “pai-de-santo” (só recebendo), já que os clientes insistentes não têm ainda o seu novo número.
    Ou não… pensando bem, DOIS celulares não combinam com UM bahiano.
    No fundo ele só quer se “amóstrár”, que apesar de bahiano, é capaz de fazer um anúncio na pressa, na pressão e nas coxas E assoviar Dorival Caymmi ao mesmo tempo.

  5. O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, e o tempo respondeu ao tempo, que o tempo tem tanto tempo quanto o tempo tem.

Leave a Reply

Your email address will not be published.