Por que à diversidade sexual corresponde a diversidade de gostos

O Bia aparece no MSN com subtítulo: O QUE VC ESPERA DE UM ATENDENTE DE LOCADORA? O sujeito vai fazer uma palestra para uma rede de locadoras, a Megamil, e ficou assim, maluquinho da silva.

É a minha deixa:

Rafael diz:
Que ela me indique um bom filme do Eisenstein, se ajoelhe e me pague um boquete.

Rafael diz:
É esperar demais?

Rafael diz:
Você vai falar isso na palestra?

Biajoni diz:
não tenho um puto dum lazarento dum amigo que venha aqui no msn falar algo que não seja putaria.

Biajoni diz:
vcs são uns pervertidos

Rafael diz:
Pelo contrário.

Rafael diz:
Tô te falando como publicitário.

Rafael diz:
Você tem que entender o cliente, rapaz.

Rafael diz:
Vamos lá, o que você preferia ao chegar numa locadora: uma gostosa com a boca da Jolie se abaixando e te olhando nos olhos ou o Tarantino lhe recomendando empolgado um filme chatíssimo do Godard com aquela cara de babaca que ele tem?

Rafael diz:
Ele também era atendente de locadora. Por isso aquele jeitinho meio gay que ele tem.

Biajoni diz:
bom, atualmente eu preferiria o tarantino

Rafael diz:
Má escolha. Provavelmente ele cospe em você, enquanto fala. A Jolie só baba.

Rafael diz:
Ah, agora entendi.

Rafael diz:
Eu vou publicar esta merda só pra que você possa fazer propaganda de bom marido, cabra safado. E vou terminar nesta frase, sem te dar direito à defesa de minhas acusações vis.

Biajoni diz:
foda

Biajoni diz:
eu construo uma reputação de putanheiro comedor e um post acaba comigo

12 thoughts on “Por que à diversidade sexual corresponde a diversidade de gostos

  1. Hahahaha

    Ótimo!
    Rafael, eu já trabalhei de atendente de locadora, já ganhei boquete de cliente e também já ganhei boquete de atendente de locadora!
    Quer dizer que não posso esperar mais nada delas? Já realizei teus anseios, então tenho de me contentar agora com um fã de Tarantino efeminado, como o Biajoni? (Ops, olha o duplo sentido…)

    Honestamente eu só espero que esses atendentes fiquem quietos no seu canto, e quando eu tiver uma dúvida sobre localização/disponibilidade de um filme eles saibam responder. Dica de atendente é f*da!

  2. (levantando a mao) posso perguntar?
    por que um dos blogueiros mais inteligentes ( vc, caso nao tenha entendido…daaaaa) dessa tal de blogosfera ainda teima em pagar de adolescente punheteiro??

  3. pensando bem .. p…*(piiiii) , nenhuma!!!
    a cena da atendende de cocoras e olho no olho realmente é desses clichês universais dos quais NUNCA deveremos abrir mão ..
    pensa nisso bia, na hora q ce tiver lá …. palestrando (hahaha .. sacaneei)

  4. Fetiche virou clichê… Também é tanto fetiche, que não sobra espaço para a originalidade das coisas que antes eram secretas e ora revelam em certos blogs.

    Mas só aqui para deixar a expressão “de cócoras” num contexto sensual – pevertido, mas sensual.

  5. Na locadora aqui perto tem duas atendentes. Uma é a cara e o corpo da Gwynnet Patrol (sei lá como escreve essa porra), outra é uma morena de seios bíblicos (pra roubar a expressão do Jabor). Como as duas são meio burrinhas, tudo que posso esperar delas é outro fetiche-clichê-masculino: um menage.

  6. nao sei mas acredito q:
    fetiche:
    1. Objeto animado ou inanimado, feito pelo homem ou produzido pela natureza, ao qual se atribui poder sobrenatural e se presta culto; ídolo, manipanço. [Cf. amuleto e talismã (1).]
    2. Fig. Pessoa a quem se venera e se obedece às cegas.

    fetichismo:

    (…)

    5. Psiq. Perversão em que um indivíduo adora um objeto que simboliza a pessoa amada, ou localiza em um fetiche o desejo erótico

    assim, acho q é mais ligado a objeto ..
    mas como diz o cid de “A era .. “, “eu já errei antes”
    rs

    clichê:

    3. Tip. V. estereótipo (1).
    5. Fig. V. lugar-comum (2 e 3).

    (não colocarei estereotipo nem lugar comum .. esses sao faceis..rs)

    e por fim

    cócoras :

    De cócoras.
    1. Sentado no chão ou sobre os calcanhares; agachado; a cócoras, em cócoras

    tudo do tio aurelio

    blzinha?

  7. Certamente não tinha esse saber tão sistematizado, como vi no desencannes o Aurélio é bom para burro!
    Mas de qualquer forma usei comentários dos outros para falar do que achei da conversa edificanre dos dois aí.

Leave a Reply

Your email address will not be published.