Os vãos e desvãos do amor livre, parte 2

Fulana says:
Lembra da história do amor livre?

Rafael says:
Claro.

Fulana says:
bem, acontecia assim…

Fulana says:
Ele é uma pessoa muito respeitada na psicologia, tem uma legião de fãs, etc e tal
querendo dizer: poderia comer mulheres interessantes e bonitas
Mas sempre escolheu feiosas e com problemas emocionais
que se achavam um lixo e o achavam o máximo

Fulana says:
Dizia que era “amor livre”
elas se apaixonavam por ele, ele comia todas, mas elas não davam pra outros, porque estavam apaixonadas..

Fulana says:
Aí veio com esse papo pra cima de mim, de amor livre…
eu A-DO-REI
Nesse meio tempo, como te disse, fiquei com outras pessoas
Mas ele acreditava que, por ser apaixonada por ele, ia ser como as outras…
e manteve o papo do AMOR LIVRE

Fulana says:
Ontem começamos a conversar sobre outras coisas e ele acabou me perguntando e eu falei que fiquei com outras pessoas
ELE ESTÁ COMPLETAMENTE DESESTRUTURADO!!!!
CHORA FEITO UM BEBÊ!!!
DORME CHORANDO, ACORDA CHORANDO, ESTÁ DESESPERADO!!!

Rafael says:
Virou corno. 🙂

Fulana says:
BEBENDO DE DIA, FUMANDO, …!!!!
Mas vê como é ridículo?

Rafael says:
Vejo, claro.
É o velho discurso machista.

Fulana says:
Rapaz…
mas ele não percebe!!!
que é APENAS O VELHO DISCURSO MACHISTA!!!!

Rafael says:
Percebe, sim.
É que é mais cômodo pra ele.

Fulana says:
Ele deveria admitir que é careta, que quer casar de véu e grinalda, que o que há de mais moderno ainda é um sonho muito antigo…
E SER FELIZ!!!!

Rafael says:
Mas aí ele não ia comer as outras sem culpa. 🙂

Fulana says:
não é difícil?

Rafael says:
Isso depende de cada um.

Rafael says:
E o que você vai fazer?

Fulana says:
rapaz…
Olha homem é coisa difícil, viu?
Tá foda…
Ouvir coisas como …
“Não foi justo”
“Eu te idealizei”
“Eu errei”…
eu disse pra ele que fosse claro…
que ou era MONOGAMIA ou era AMOR LIVRE…
Ele escolheu amor livre de novo…
então agüente…
o que não pode é ser monogamia pra mim e amor livre pra ele…

Rafael says (18:04):
Que idiota. 🙂

10 thoughts on “Os vãos e desvãos do amor livre, parte 2

  1. Já está para lá de na hora de você parar de conversar via MSN e pedir à moça para explicar direito para você esta coisa do amor livre, pessoalmente, durante um fim de semana na praia (de preferência numa praia de Santa Catarina, com este frio ninguém precisa ficar saindo do quarto para tomar sol e se sujar de areia).

  2. Não só é o bom e velho machismo, como ainda com fumaças intelectuais-liberalizantes… Blé!

    Muito bons os dois posts.

  3. já dizia o luís fernando veríssimo que, por mais intelectual que seja o homem, ele ainda vai olhar para a gostosa do momento na mídia e imaginar como seria “do with her the good old in-out, in-out”. ele pode até inventar de fazer uma longa análise sociológica e antropológica sobre a imagem da mulher em um ambiente patriarcal e a afirmação da imagem masculina na américa latina, mas em algum momento dessa história ele vai pensar em como conseguir sexo fácil com o maior número de mulheres possível.

  4. DANDO A CARA PRA BATER:

    Desculpe invadir seu blog. Uso este recurso para convidar você a visitar a Editora Biblioteca24x7, que comercializa obras pela internet (edição on-line e impressa). Não tenho procuração deles para fazer isso. Desejo apenas divulgar o meu primeiro livro:

    LUA QUEBRADA

    Um professor e sua aluna. Tudo os separa, nada os une. A não ser a paixão. Uma paixão sem limites, vivida com toda a intensidade da experiência e da juventude. Um livro forte, pela emoção, pela cumplicidade, pelo erotismo. Uma história que mexe com todos os sentidos do leitor, até a última linha. Experiência única na Literatura Brasileira, LUA QUEBRADA é um livro imperdível e inesquecível.

    Autor: Isaias Edson Sidney

    Publicação da Biblioteca24x7.

    ISBN: 978-85-61590-45-1

    Só disponível pela Internet, no endereço abaixo (categoria: ERÓTICO).

    http//www.biblioteca24x7.com.br

    LUA QUEBRADA: PARA INCENDIAR SUA IMAGINAÇÃO!

    Obrigado pela atenção. E mil desculpas!

  5. Que idiotice esse papinho de amor livre, né…só se for livre pra gente ficar presa no abraço de quem a gente ama…e é assim sempre, para quem ama de verdade.
    Odeio machismo, odeio feminismo, odeio essas histórias de gente que tem medo de amar de verdade.
    Covardes.

  6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Amei ela, certíssima! As pessoas deviam deixar pré-estabelecido o que esperam de um namoro e estar preparadas para as consequencias, esse povo é muito mole.

Leave a Reply

Your email address will not be published.