19 thoughts on “Puta que pariu

  1. Nossa,conheci vc através do idelber e vejo que ele tem razão. toda a razão do mundo, você é mesmo muito bom. e se confirma pela seu post de hoje. simples. diz tudo. sem gastar muitas palavras. e faz um baita elogio de troco. lindo isto.

    ainda tem muita coisa que se salva no mundo… nós (claro, eu quero estar no meio, na ponta, sei lá, em algum cantinho, junto com vocês…) e mais um punhadão de gente bonita de doer.

    brigada, viu rafael.

  2. Vim ate voce pelo Biscoito Fino, do Idelber. Ele tem razao. Cara, voce e’ demais!!! Bom demais. Nao fique todo prosa, viu? O post sobre o quase almoco na Pizza Hut foi de lavar a alma, muito, muito bom mesmo.Virei fan de carteirinha….Volto todo dia. Abracao proceh.

  3. Eu fiz o caminho contrário, conheci o blog dele através do seu, mas assino embaixo do post do Professor.

    Um abraço

  4. Sabe qual a merda de você ser referendado pelo Idelber? É que agora não poderei mais dizer: “ah, você não conhece o Rafael Galvão?”?
    abraço, meu velho!

  5. Psé. Vc já tá no meu Speed Dial. Culpa do Idelber. O Ao Mirante já conhecia, o Drops não. Cada vez sobra menos tempo pro trabalho. Eita cara dispersivo.
    Abraços

  6. Homenagem merecida…Simply the best.
    E contrariando a lenda de que vc não comenta em blogs alheios, tu comentou duas vezes no meu, mas como eu já deletei várias vezes, não tenho a prova.
    Persiste a lenda, entonces.
    bjo

  7. Camarada, mais um blog de primeira que conheci graças ao Idelber e isto prova que existem alguns trotskystas que são até gente boa! E pense no lado bom: se não fossem os trotskystas, quem é que nós sacanearíamos? Você, como eu, já deve ter se divertido muito tirando um sarro com a velha Convergência Socialista. Abraços.

  8. Serei eternamente grato ao Idelber pela indicação.
    A última vez que eu havia me alegrado tanto foi com um conto do Neil de Castro sobre o peido no ônibus que ia de Maceió para o Sul Maravilha.
    Realmente você é que deve ter inventado o Twitter escrachado. Pouco lero e muita criatividade.
    O diabo é que ganhei mais um vício deletério, junto da cerveja, do vinho, dos Malvados, do direito à preguiça, de ver o PIG naufragando como uma plataforma da petrobrax, e da torpe alegria de ligar na CBN só para erguer o dedo médio e dizer PUTANA quando a miriamleitão começa a falar. Será que sobrevivo a tanta alegria?

  9. Rafael, eu gosto muito dos teus textos e deste estilo debochado de escrever,acompanho teu blog há tempos mas nunca comento,assim como o do Idelber.Agora,depois desta homenagem que recebeste, é a hora de dizer o quanto me divirto aqui com as pérolas que escreves ,acho que estás sempre muito inspirado pois os textos são excelentes.Abraço para ti!

  10. Eu sou leitora caladinha, mas leitora constante!
    Mais que merecido Rafa (olha a intimidade), parabéns!!!

    Estamos aqui, todos os dias espiando o “read” pra saber se alguma coisa nova saltou da sua cabeça…hahaha

    beijocas

  11. a preguiça é a sua virtude e maldição. maldição porque preciso entrar quatro vezes aqui pra poder ler um post novo, e às vezes dá até medo de o blog ter encerrado as atividades.

    homenagem merecida.

Leave a Reply

Your email address will not be published.