Mamonas Assassinas

Estava ouvindo os Mamonas Assassinas hoje. Eu realmente gostava daquela banda. “Pelados em Santos” foi uma das músicas mais engraçadas que ouvi nos últimos anos. Qualquer pessoa que saiba o que é povo se reconhece naquela música, ou conhece alguém que é assim. Ou “Chopis Centis”: “A felicidade é um crediário nas Casas Bahia” é brilhante.

Os Mamonas eram engraçados e leves, escatológicos às vezes. Eram deboche puro, e não tentavam se levar a sério, como por exemplo o cearense Falcão, que faz questão de deixar claro que está fazendo uma caricatura do brega e que é um sujeito inteligente e preparado.

Eu não costumo sentir a morte de gente famosa, e sempre há algo engraçado na cobertura da mídia. A de Senna me garantiu risadas para uma semana — não por ele (as piadinhas de humor negro só apareceram algum tempo depois), mas pelo bando de desocupados que lotou as ruas durante seu funeral, como se fossem as suas mães naquele caixão. Mas o picadinho de mamona me deixou triste. E foi quando eu percebi que Tom Jobim, afinal, estava errado quando disse que brasileiro não gosta de quem faz sucesso.

Gosta, sim. E gosta muito. A comoção causada pela morte dos Mamonas foi porque eles eram jovens, faziam muito sucesso e tinham um futuro pela frente. Todo mundo gostava deles, mesmo que não gostassem de sua música. E gostava porque eles mostravam que era possível fazer sucesso traduzindo um pedaço do espírito do brasileiro, ainda que debochando justamente desse povo. Pelo menos aparentemente, eles eram o vizinho do lado que tinha se dado bem.

Do que o povo brasileiro não gosta é de gente metida que parece se achar melhor do que ele. E disso Tom não sabia.

15 thoughts on “Mamonas Assassinas

  1. hehehe… E eu sigo a Julia. E nós vamos nos unir para fazer o Rafa ser nosso escravo… hehehe

  2. e ai mano parabens pow nem da pra comentar d+ mesmo…
    um salve pra vc maninho e pra todos os manos que entrar ai e ve seu trabalho…
    Guerreirode fé 100%capão

  3. cara os mamonas assassinas era muito louco cara a musica mais foda era mundo animal cara na primeira vez que eu ouvi me mijei de tanto rir mais pena que eles se foram cara so sei de uma coiza nunca esquesseremos eles viva aos mamonas

  4. Puxa to encontrando cada fa, e to amando cara hehe, infelismente nasci e virei fa tarde d+, nasci em 97 e virei fa em 2006 qd pude ouvir as musicas e eles nao foram uma grande banda, eles ainda sao uma grande banda, tds as pessoas que viram eles antes deles morrem, eu tenho certeza que a maioria (pelo menos) ainda nao esqueceu.

  5. oi sou a vi que na verdade se chama victoria voltei aqui pq gostei de+ do site e vou tentar passar prs minha amigas.

  6. pow cara eu tenho 15 anos e quando eles foram pro céu eu era bem novo tinha uns 4 5 anos eu acho…. mas eh triste se deparar com isso pois, sl eles eram mto bons e sinto mta falta deles to ouvindo a musik deles ateh agora e a perda deles foi triste pra mim pois msm pekeno eu ja cantava e pedia pra mãe me filma dublando a musik deles =) eles eram mto bons e faziam mto sucesso… (*ouvindo a musik deles agora) eras isso flws

  7. Mt bom mesmo…
    Amava eles…
    Principalmente pela sua humildade e bom humor…

    Mamonas = Saudades ETERNAS!

  8. Sabe, meu filho de 8 anos descobriu os Mamonas e vc não imagina como ele tá curtindo!
    Realmente a passagem deles p aqui foi rápida demais, uma pena! Mas eles permanecerão nas nossas mentes e continuarão fazendo sucesso para as próximas gerações!

Leave a Reply

Your email address will not be published.