O que faz um bom blog

O Gothamist é o equivalente online (resguardadas as proporções de importância, relevância e etc.) à New Yorker. Ou seja, um blog sobre Nova York, aquela cidade amada e remodelada pelo bom Osama.

Dia desses eles fizeram uma lista sobre o que faz um blog ser bom.

A lista tem a cara de Nova York: exigente, dona da verdade, muito esnobe. Mas é bem interessante.

6 thoughts on “O que faz um bom blog

  1. Eu li a listinha. Li para ver o quão era interessante. Achei exigente, esnobe e dona da verdade sim. Tem a cara de uma brasileira que daria os dois braços e permitiria ter o clitóris extirpado para se tornar uma novaiorquina de fato. Quem é? Dona Lucy Guimarães. A Dona Florinda que baba pelo Professor Tio Sam Girafalis (já viram Chaves?) Bom, para mim o que faz um blog ser bom é criatividade e inteligência. E gente criativa e inteligente sabe que, para a expressão subjetiva e estética, seguir manuais é um veneno! Puxa… É, acho que Fernando Pessoa nunca perdeu seu tempo decorando listinhas intituladas “O que faz uma boa poesia”. E seus admiradores agradecem. Ah, lembrei de outro: Nelson Rodrigues! Já pensou se ele desse bola para os famosos manuais de redação? Nunca vi um de perto, mas aposto que dizem que não podemos fugir do assunto. Se ele fosse um menino obediente, nunca teríamos as deliciosas fugidas do assunto do genial escritor em questão.

  2. Ah, outra coisa: lá eles recomendam que não se fale em família, amigos, bichinhos de estimação. E sugerem que digamos que somos algo como “escritores”. Pois aí está a contradição. Quem escreve bem fala sobre assuntos variados com maestria. Fala até do cãozinho de estimação, da família, de si mesmo… E isso confirma minha crença de que um bom blog não se faz com regrinhas. E que há bons blogs e bons blogs. É questão de forma de expressão. E de forma de apreciação.

  3. Faz uns 10 min. que estou aqui tentando desculpar as “regras de um bom blog”, mas a verdade já foi dita: “…há bons blogs e bons blogs”… mas vale a pena dar uma lida no jeito “nova iorque” de fazer blog.. hehe, é interessante;

  4. Você tem toda a razão, Platinha. E pra quem lê de um jeito descompromissado, de um jeito desobediente é até interessante mesmo. Bom, só sei que consigo confiar apenas em manuais de uso de eletrodomésticos. E olhe que eu acho que até os manuais do proprietário metem os pés pelas mãos. Um beijo.

  5. Tem a cara de uma brasileira que daria os dois braços e permitiria ter o clitóris extirpado para se tornar uma novaiorquina de fato. Poxa você pegou pesado extirpar um clitóris, estou vendo que no Brasil ou em qualquer parte do mundo os homens como você continuam mais burros e ignorantes do que nunca.Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published.