Roda mundo

Sabe quando você está ficando velho?

É quando as coisas que lhe circundavam na infância desaparecem sem deixar vestígio.

Antigamente os barbeiros ofereciam graciosamente a seus clientes a possibilidade de leitura de revistas Manchete, com seus lampejos fotográficos de um mundo que ficava cada vez menor e mais familiar.

Morreu a Manchete e morreram os barbeiros.

E as Caras que se lêem nos cabeleireiros mostram outro mundo e outros interesses, menores, mais mundanos, mais fúteis.

3 thoughts on “Roda mundo

  1. E quando você se lembra das celebridades jovens, bonitas na Manchete e depois as vê na Caras, já meio derrubadas, caminhando para a terceira idade? Essa coisa meio familiar mas ao mesmo tempo “quebrada” entre o passado e o presente assusta, viu?

  2. Meu barbeiro ainda existe… Eu nem havia nascido e ele já estava lá, cortando cabelos. Qto a “Manchete”, realmente a “Caras” é bem inferior. Lembras da “Cruzeiro”?? Gostava do “amigo da onça”.

  3. Pô cara… Meu barbeiro não morreu e ele sempre tem a Playboy ou a Sexy pr’eu folhear… 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published.