Boyz N The Hood

O cinegrafista prepara a câmera para filmar uma passeata no centro de Aracaju.

Um menino de rua de seus 11 anos, gordinho, fica parado em frente a ele, com expressão séria.

“Ô, guri, sai da frente.”

“Você não vai filmar aqui, não.”

O cinegrafista suspira e se volta para o outro lado, esperando que o menino se canse e ele possa trabalhar em paz.

“Você filma o lado de lá. Mas desse lado você não filma.”

2 thoughts on “Boyz N The Hood

Leave a Reply

Your email address will not be published.