Erro médico

Deus sabe o quanto gosto de médicos. E de advogados.

Mas dizer que foi erro médico que matou a Cássia Eller é querer demais.

Quer dizer que ela se entope de farinha e é o Plasil que mata?

Me passa o Plasil, por favor.

22 thoughts on “Erro médico

  1. plasil p que? vc ta pensando em tomar um porre, vomitar e tomar plasil? suicidio éééé?
    humpf.
    erro medico foi o fim… erro na dosagem da farinha , isso sim… tenho dito

  2. Ah, eu penso que “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”. Não importa o quanto de “farinha” ela cheirou na vida. Toxicomania, se é que não estou falando besteira, é doença. Por isso sou contra julgamentos morais (E NÃO ESTOU DIZENDO QUE ISTO TENHA SIDO FEITO AQUI. É SÓ UM COMENTÁRIO). Se ela morreu por causa do pó, que seja. Mas se há suspeita de barbeiragem por parte dos médicos, vale uma investigação. E NÃO estou falando em condenação (eu sei da mania da sociedade de julgar sem saber o que está ocorrendo). Eu estou dizendo INVESTIGAÇÃO.

  3. Ah, e como eu nem sei pra que serve o Plasil, que me desculpem os possíveis “erros leigos”. 😉

  4. tou com a mônica. lembro que, na época, não encontraram coca na cássia. a veja teve a sua capa mais sensacionalista em muito tempo, crucificando a cantora. talvez não tenha sido coca (é provável que não tenha sido, a lan lan falou que tava com ela e não a viu consumir…) e a cássia não era iniciante no assunto – e quando não se é iniciante não se comete abusos; só morre de overdose o cabaço (com algumas excessões, claro). a morte da cássia foi um erro de alguém, sem dúvida – somado ao prováveis erros dela própria.

    • Eu não tomo Plasil,,e aviso todos os prózimos para avisarem que tem alergia…
      Minha avó euma vizinha, jovem, morreram logo após receberem esta droga…

  5. quero declarar que para a minha geração a Cassia Eller quando morreu, nós ficamos orfãos. E acho que a causa da morte dela tem que ser muito bem esclarecida, para que o preconceito e a cabeça de meleca das pessoas, não fiquem só achando que ela era somente uma drogada. E erros médicos acontecem. Por isso para os que gostam de uma grande intérpretes que infelizmente não está mais entre nós, mas sua voz é eterna, não permitam esses comentários preconceituosos

  6. Ao Rafael Galvão,

    Infelizmente, vc. precisará dos dois pelos menos uma vez na vida (ou na morte).

    Raquel Milani, advogada

  7. Só retocaria a última frase de biajone. Ficaria assim: “a morte da Cássia foi um erro dela sem dúvida – somado aos prováveis erros de mais alguém”.

  8. po …
    médico é bom
    e advogado tbm.
    Preciso de médicos .. não vou sempre pq é caro, oras …
    se pudesse iria mais … me monitoraria sempre, mais cuidados e tal .. inclusive com essa barriga aqui (ta vendo?) …
    e quanto aos advogados, bom …. fazer parte da estirpe não é desmérito.
    Desmérito é usar diplomas paridos com o que eu tenho pendurado (um réplica) em minha parede, com fins escusos. Mas aí tem jornalista, mééédico, blogueiro (tbm), etc .. que usa um meio para outros fins, e sem qualquer justificativa, se é que há.
    Somos quase como policiais. Têm muitos bons, mas a maioria (ou oq apareceee…..) ….
    Tá certo?
    É porai … temos muitos méritos, e Deus lhe guarde que quando precisar de um (advogado), vc bata à porta de um honrado, inteligente e estudado (sim, é preciso estudar constantemente …). Assim, quem sabe, vc muda sua opinião.
    Jà quanto à Cassia .. bem … deixa pra outra hora isso …

  9. Gostaria de dizer que plasil pode matar sim.Meu filho tem 17 anos e estava com enjôo e vomitos. levei ele a emergencia do hospitale e lá ele foi medicado,tomou dois frascos de soro e uma enjeção d e plasil.passando algumas horas ele começou a falar coisas estranhas e perdeu o controle do pescoço,sai correndo e lá chegando ninguem sabia oq ue fazer com ele,mostrei a receita e 8 médicos n sabiam o que dizer,até que ligaram pra um setor em outro hospital e eles falaram que realmente tinha sido o plasil.

    Quem quizer pode entrar em contato comigo para maiores esclarecimentos.Abraços.

  10. Oselina, aconteceu a mesma coisa com minha filha, só que com ela os sintomas foram, movimentos involuntarios do maxilar (boca torta), dificuldade pra falar, lingua aumentada, falta de ar, só fiquei sabendo que era efeitos do plasil, dois dias depois qd procurei um neurologista…Nós não sabemos o que estamos tomando realmente, todo remédio é uma droga que cura, mas tb pode MATAR!

  11. PLASIL pode matar sim, levei meu pai na emergencia e o medicamento foi aplicado na veia, quando o líquido acabou de ser injetado ele foi se contorcendo entrou em choque, foi pro cti, mas não resistiu e morreu
    não tomem nem deixem ninguém de sua família tomar PLASIL, pois existem outros medicamentos que podem substituí-lo. Pra que tomar um que pode matar você? ou muito pior matar alguém que você ama….

  12. Na minha opinião, todos são passíveis de erros, mas precisamos entender que: há médicos que amam a profissão, há médicos que foram obrigados a seguir a carreira dos pais ( e não amam o que fazem, então, não fazem tão bem assim) e há aqueles que trabalha por horas e horas, para somar um salário bom e aumentar o seu padrão de vida…há de tudo…assim, como existem advogados oportunistas, assim como existem cantores talentosos, mas que infelizmente não são exemplo pra ninguém…!!
    Infelizmente é um ciclo vicioso…muita gente pra criticar e pouca gente pra abrir uma instituição que tenha o interesse de educar nossos jovens e ajudá-los a descobrir sua verdadeira vocação…e mais…lutar por isto!

  13. Quero deixar meu relato…

    Eu tive uma intoxicação alimentar e o medio receitou o Plasil.Após alguns dias tomando o medicamento eu tive uma crise muito estranha onde meu maxilar fazia movimentos involuntarios (minha boca ficou torta e era tão forte que no momento da crise meus alguns de meus dentes quebraram) erão movimentos incontrolaveis e dolorosos meu pescoso endureceu e fazia movimentos involuntarios também, eu tremia muito e até meus braços e mão entortaram.Além disso eu sofria de alucinações,sentia um sono insuportavel e minhas vistas ficaram dias embaçadas.
    Não indico esse medicamento a ninguem.

  14. eu também tive uma intoxicação alimentar, fui ao hospital , e um médico me passou plasil p tomar na veia, nos primeiros minutos, comecei a ter uma sensação horrível, uma agonia indescritível,minha vontade era rebrar aquela cama, subir pelas paredesm me quebrar todo e me matar, meu coração disparou, uma ancia horrível, senti tudo de ruim num momento só, trsiteza, nervoso,sensação de morte entre muitas outras sensaçães disisperadoras,fui embora do hospital e nem falei nada para os enfermeiros, perdi até a noção das coisas,cheguei em casa fui pc ama tentar discansar, quem disse que eu conseguia relachar um minuto que fosse, eu passei por várias noites sem dormir, eu tive síndrome do pânico por causa desse maldito remédio, a sensação mais horrível do mundo, foi a pior fase da minha vida, tenho traumas por isso, pânico desse nome, plasil, peço que quem leia isso nunca tome plasil, não desejo nem p um cachorro o que eu passei, isso oque eu escrevi foi uns das inumeras sensaçãoes disisperadoras que eu passei na minha vida por este remédio..

  15. Primeiramente,acredito que quando vamos julgar alguém devemos estar em plena condição de ser julgado!Afinal,quem é que nunca cometeu um erro,uma falha no trabalho,matou um colega com palavras maldosas,magoou profundamente alguém que parecia amar tanto…Não gosto,e não quero aqui defender,o médico que possivelmente errou,dando a cantora e adorada Cassia Eller,um medicamento que não era o mais adequado,mas,existem várias suposições,como a de que a cantora morreu realmente por efeito de drogas…talvez houve um colapso normalmente ocorrido em casos de que se usa a droga e depois faz uso de algum outro medicamento.São tantas suposições que quem somos nós para entrarmos em um blog e ficarmos discutindo,debatendo idéias de algo que infelizmente já terminou em tragédia?Pessoal,não vamos confundir as coisas,por favor,sem o médico a medicina não adiantaria.Valorizemos os médicos,advogados,que trabalham por causas,que eles acreditam ser o correto,não vamos aqui julgar profissionais como um todo!Claro que podemos sim lutar por nossa população defendendo os direitos do ser humano,mas,se formos refletir,tenho a certeza de que todos aqui,não têm capacidade moral,para julgar algo que aconteceu.É sim nosso dever zelar pelos direitos,é sim de extrema importância levarmos a conhecimento da população em geral os erros cometidos e que agravam nossas condições,mas,pessoal lembrem-se sempre de que somos apenas mais um dentro de uma sociedade cheia de preconceitos,e cabe a cada um de nós mudarmos,dentro de nossos lares,para depois sairmos por aí julgando e tentando encontrar erros…
    Eu espero de coração que vocês que por aqui passsaram entendam o meu comentário e façamos dele uma reflexão intima,e a partir de então que possamos crescer muito,como seres humanos,como pessoas de bem.
    Um grande abraço a todos que aqui comentaram,me perdoem caso eu tenha falado algo que vocês descordem,é apenas a opinião de uma simples pessoa,que quer o bem de todos!

  16. Ontem passei pela chamada ‘ reacao extrapiramidal’ causada pelo plasil injetavel. Sensacao de Sindrome do panico mesmo.( Eu ja tive tb )m você na sabe se corre, se grita , se chora. Se quebra tudo. HORRIVEL. E pior , o corpo clinico nem sabia o q podia estar acontecendo comigo. Plasil!! Nunca mais!!!

  17. Tive o mesmo que o Roni, a enfemeira aplicou o Plasil em menos de 10 segundos, e lendo a bula tá escrito que deve ser aplicado em no minimo 3 minutos intravenosa. Senti grande ansiedade, impaciencia, na hora que a enfemeira aplicou, eu mesmo tirei a agulha e sai correndo do hospital, a pior sensação que eu já tive, Eu já estava tendo crises de pânico antes, mas após tomar o plasil, as crises só aumentar e pioraram. Agora fui diagnosticado com Sindrome do Pânico, e o plasil, só contribuiu pra isso. Plasil nunca mais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *