O papa é pó

A morte iminente de João Paulo II é a hora para começar a relembrar o valor do sujeito, a sua contribuição histórica.

Concorde-se ou não com ele — e eu já escrevi um post que hoje não escreveria, pelo tom desrespeitoso –, a importância do sujeito é enorme. No fim das contas, o que fica é um sujeito que acreditava. E acreditar, em tempos tão difíceis, é uma das coisas mais importantes em que posso pensar.

A pergunta agora é: quem vai ser o próximo papa?

16 thoughts on “O papa é pó

  1. Não sou católico nem tenho grande admiração pelas coisas da Igreja. Mas acho o Papa João Paulo um dos grandes nomes do séc. XX, realmente o respeito.

  2. Boa pergunta. Se aparecer fumacinha preta no Vaticano é sinal de que a disputa tá acirrada. Quando soprar a fumacinha branca a gente fica sabendo. (os rituais desse pessoal…)

  3. Muito bem Anna Carolina, concordo com você. Qualquer um que estejá terá sua importancia, pois o que realmente vale ali é o posto e não quem o ocupa.

  4. Caro Rafael
    Voce tem a sorte de estar no Brasil nesse momento onde ate da pra admirar aquele velhinho simpatico que era o papa. Eu to na Italia e aqui existe um verdadeiro bombardeio de midia e eu nao aguento mais, acho morro primeiro que o papa. O proximo é dificil saber quem serà. Este foi eleito como estrategia de derrubada do comunismo e posterior integraçao ao ocidente do leste europeu ( ele é polones e nao é a toa ). O proximo devera ser alguem que costure as ligaçoes entre as varias religioes. Visto que o mundo hoje é global mas nao menos imperial a linha dessa costura temo que seja uma maior radicalizaçao fundamentalista. Espero que nao, em todo caso… A sucessao ja começou ha anos e candidatos mais ou menos declarados nao faltam. Acredito que escolham alguem do chamado terceiro mundo. Como as funçoes papais sao mesmo contraditorias nada melhor que um africano ou sulamericano para representar o novo poder global. No final continuo pensando que minha vida nao mudaria uma virgula se nao existisse o papa, mas seguramente seria melhor.

  5. Ontem, rascunhei e deletei um post chamado “O Papa vê o vazio”… Achei uma provocação muito desnecessária e adolescente. Li teu “post desrespeitoso” e tudo bem, 30 mil liras (uns R$ 30,00) dá para ir umas quatro vezes no cinema no Brasil. Melhor seria se te devolvessem. O próximo Papa? Mais um voto para Severino Cavalcanti!

    Recebi teu comentário em meu blog ontem e logo reconheci que estava em contato com um conhecedor de cavalos. Não é meu caso, infelizmente. Logo concluí que deverias ter escrito mais coisas a respeito. Minha averiguação esbarrou no post “Eqüinoterapia” (3 de junho de 2004). É uma verdadeira jóia que me fez pensar novamente em quão efêmeros – pois são quase invisíveis e inencontráveis – são nossos posts antigos. Curtinho, mas uma pérola, repito. Lembrei que, numa de minhas tentativas de entender a paixão por cavalos de minha filha, o professor da Bárbara – um sábio, adorarias conhecê-lo – usou uma frase quase igual à tua e completou:

    – Milton, o que nos seduz é o confronto de temperamentos. Não esqueça: quem gosta de estar ali em cima, nunca é alguém de trato ingênuo ou tosco. É alguém que compreende e convence. Jogo este jogo diariamente.

    Pois é. Estou aprendendo. Eqüinoterapia é o que minha filha faz. Talvez por isto tenha aprendido a conhecer-me e a enrolar-me com tanta facilidade.

    Para terminar. Não escrevo isto como parte da indústria da troca dos comentários e elogios. Apenas fiquei autenticamente feliz com tua visita lá no meu blog.

    (Mais: é claro que aquela história de “maior blogueiro” é uma brincadeira. Afinal, todos sabem que o maior, na verdade, sou eu.)

  6. me dói ver Karol assim porque ele estava absolutamente lúcido até quinta-feira.
    o próximo papa? não faço a mais pálida idéia.

  7. Pois é, Rafael,
    Por mais que muitas das atitudes e tomadas de posição do Papa tenham muitos pontos discutíveis, e até pouco aceitáveis(minha posição), não há como negar a sua enorme importância para o Mundo inteiro.
    Também, como você, já falei cobras e lagartos do homem, mas o momento é de pura e inestimável perda!
    Que será que nos espera, com um novo Papa?
    Abração
    fernando cals

  8. Meu palpite de recém-especialista em Conclave é de que será um italiano na faixa dos 70 anos, um pouco mais progressista que o anterior, mas ainda assim conservador.

  9. João Paulo II acreditava em que, Rafael? Q só se pode transar na posição papai mamãe? Q o uso de camisinha é um impropério em nosso tempo? Que os gays não devem casar? Que a Teologia da Libertação é coisa do tinhoso? Esse polonês já foi tarde demais para a casa do além e não me venha com coentros de que a importância do sujeito é enorme. Ele perdeu o bonde da história e deixou que a Igreja Católica permanecesse retrógrada. A Igreja com ele não avançou em nada, muito pelo contrário até!

Leave a Reply

Your email address will not be published.