Anatomia de um crime – o esquema nigeriano

Quem conhece um pouco de internet já ouvir falar do “Nigerian Scam“, um conto do vigário já clássico da internet. Funciona assim: alguém te manda um e-mail dizendo ser um africano rico que precisa transferir o dinheiro para o seu país, coisa de milhões. Pede a sua ajuda e lhe oferece uma boa comissão. Você acaba dando o número da sua conta e eles tiram dela todo o seu dinheiro.

É um golpe simples, que dá certo por causa da ganância ingênua de algumas pessoas. É o que me faz não ter muita pena de quem cai nesse tipo de 171.

Um amigo recebeu um e-mail desses e eu pedi para ele me repassar. Estava na hora de brincar um pouco, para aliviar as tensões da campanha.

Olá!,
Meu nome é Stella Benard eu vivo em África, eu não escrevo nem falo portugues, mas eu quero vir ao Brasil e investir meu dinheiro, o problema é que eu não conheço o Brasil e nem quem possa me ajudar para investir meu dinheiro em um negócio rentável em seu país… eu tenho um filho o nome dele é James Benard, agora eu quero procura uma pessoa sincera e honesta que possa nos ajudar e invista o dinheiro. eu emiti-lo-ai em seu país estou aguardando sua resposta.
Obrigado. Stella Benard

Com português de tradutor online, a carta de Stella era o scam típico. Jogava a isca e esperava que a sua ganância fizesse o resto. É inacreditável que algumas pessoas ainda caiam nessa, mas já dizia P. T. Barnun que nasce um otário a cada minuto. Se de cada milhão de e-mails que mandam eles conseguem fisgar um mané, saem no lucro. Então criei um e-mail falso e respondi ao negão que se escondia sob o nome de Stella:

Stella,
Como posso te ajudar? E por que você quer vir para o Brasil? Você vive em que país da África?
Atenciosamente,
João Sem Braço

Stella respondeu no dia seguinte:

Agradecimentos para sua resposta, eu sao (Sierra Leone) em África ocidental, mim tenho uma criança que seu nome é James Benard é 28yrs da idade, meu marido o nome é Williams Benard era o diretor da empresa petrolífera de Omega em meu país, ele morreu (27 março 2005) em conseqüência da guerra em meu Sierra Leone África ocidental do país,mas desde a morte de meu marido atrasado minha família do marido foi-me dada um problema grande sobre minha riqueza do marido, que eu recusei lhes liberar porque é a única herança meu marido deixado para seu somente filho James.
eu que procura uma pessoa que possa ajudar e dirija-nos em como investir este fundo. .since que nós não nos conhecemos muito bem, mim pode emitir meu filho James a seu país para que você saiba que pessoalmente antes que eu poderia arranjar para transferência de meu fundo desde que nós não nos conhecemos . minha foto do pasport é anexo a este correio, emite-me sua foto em seu correio seguinte.
O deus abençoa-o. Stella Benard.

Tem trechos desses e-mail que são praticamente incompreensíveis. A sorte é que abaixo vinha também o original em inglês. Nem sempre correto, claro, mas um pouco mais inteligível.

Stella,
Como eu poderia ajudar você a investir esse fundo? De quanto estamos falando?
Atenciosamente,
João Sem Braço

Eu não mandei a foto que ela pediu. Não tinha tempo nem vontade de procurar uma foto qualquer na internet; e talvez parecesse mais verossímil uma certa reticência minha. Stella respondeu rápido:

Olá!, a quantidade total de dinheiro que eu quero investir em seu país é $8.6 o milion USD, mas antes então do eu emitirei meu filho para vir e para conhecer-me pessoalmente o e igualmente o arrenge para transferência deste dinheiro em seu país com um serviço diplomático do carrer, evitará a intervenção de seu governo sobre nosso dinheiro. nós concordamos dar-lhe 10% do dinheiro total após esta transação. deixe-me saber se você é disposto dar boas-vindas a meu filho em seu país.
Stella Benard

Deus do céu. Ninguém jamais me ofereceu 860 mil dólares. Pensando bem, ninguém jamais me ofereceu sequer 80 mil dólares. Por 860 mil dólares eu faria coisas inimagináveis; batia na minha mãe, espancava a minha mulher, dava minha filha para a adoção, mijava na cruz, chutava velhinhas na rua e empurraria tetraplégicos ladeira abaixo.

Mas coisas assim são boas demais para serem verdade, e a minha sina é tentar ser enganado por malandros em Londres.

Stella,
Me parece um excelente negócio. Não vejo necessidade que seu filho venha antes para o Brasil, mas se você preferir assim, está tudo bem.
Como faremos, então? Posso lhe mandar meu endereço agora, se quiser, e receberei seu filho.
Atenciosamente,
João Sem Braço

Depois de mandar esse e-mail percebi que estava dando um grande vacilo, e desperdiçando uma chance única de brincar um pouco. Decidi que depois do e-mail seguinte eu mudaria o tom da conversa. Ainda bem que a resposta de Stella não demorou muito:

Olá!,
Dê-nos seu número que de telefone será em Brasil esta semana. explicar-lhe-á tudo com o diplomata que você os encontrará.
Stella Benard

Era a hora de mudar o rumo da prosa, de jogar todo o meu charme em uma africana bonita, sensual e rica. Porque se eu sou um grande otário, tenhoq ue ser um otário completo:

Stella,
Meu telefone é 8843-0831.
Eu estava olhando a foto do seu passaporte. Você é uma mulher de extrema beleza, e apesar de ser um homem de posses consideráveis, eu me sinto atualmente muito solitário. Estou disposto a abrir mão de metade de minha comissão se você concordar em passar uma semana comigo em um resort agradável e discreto no Rio de Janeiro. Beberíamos muito champanhe e faríamos muito sexo. O que você acha?
Atenciosamente,
João Sem Braço

Stella demorou um pouco para responder esse e-mail. Quando me respondeu, fingiu que o convite não era com ela:

Caro João,
Agradecimentos para seu elogio, você escreveu ao banco para confirmar que eu disse sobre minha riqueza atrasada do marido? contate-os por favor porque eu quero o banco transferir o dinheiro no acount pessoal do yor durante minha chegada em Brasil. Meu filho James visitá-lo-á em seu país este fim de semana.
Stella Benard.

Que coisa feia. Que cachorra. Quer dizer que eu faço uma proposta irrecusável dessas e ela finge que não é com ela? Tudo bem que não era o milhão de “Proposta Indecente”, mas eu também não sou o Robert Redford, nem o negão aí é a Demi Moore — era muita sacanagem. Por isso insisti:

Cara Stella,
Foi um elogio, mas também foi um convite. Infelizmente, você não se pronunciou sobre o convite: uma semana de muito champanhe e sexo em um resort discreto e aconchegante no Rio de Janeiro, em troca de metade da comissão que você me ofereceu.
Ainda não escrevi para o banco, porque estou esperando a sua resposta.
Atenciosamente,
João Sem Braço

Stella respondeu depois do fim de semana seguinte:

Olá! João,
Está um prazer ouvir de você, por favor mim quero que entre em contato com o banco, o banco disse-me que ninguém lhes escreve.
Stella Benard

E aí eu comecei a ficar chateado. É preciso uma certa decência nesse negócio de escroqueria internacional. A Stella deveria, pelo menos, dizer que não estava interessada na minha proposta,l me dar uma satisfação, mínima que fosse. Mas não, finge que não é com ela, e isso não se faz.

Eu falando da poesia da sacanagem e ela preocupada apenas com dinheiro que ia roubar de mim.

Cansei. Chega de conversa que eu tenho mais o que fazer. Resolvi enviar um e-mail que eu já tinha escrito, mas que estava esperando a aceitação de Stella.

Cara Stella,
Antes de mais nada, eu preciso ser honesto com você. Atualmente, enfrento alguns problemas com a polícia do meu país por um incidente com uma moça há alguns anos. Felizmente, graças ao meu dinheiro, minha posição social e influência, nada aconteceu, mas agora que um laço mais forte está se criando entre nós dois, eu preciso te contar que gosto de um tipo de sexo mais rústico. Por isso, gostaria que você respondesse algumas perguntas: você tem seios grandes? Você cospe ou engole? Você gosta de sentir dor durante o sexo selvagem? Gosta de ser amarrada, gosta de ser docemente espancada?
Aguardo sua resposta com ansiedade e terrivelmente excitado,
João Sem Braço

Parece que a minha proposta assustou a Stella, porque ela não me respondeu. É uma pena. É impressionante como esses picaretas são pudicos: me oferecem 860 mil dólares para passar a perna no governo de Serra Leoa, mas não aceitam fazer sexo selvagem e rústico por 430 mil. O que há com esse mundo? Cadê os leitores de Jorge Amado, aquele gênio que dizia ser a profissão de gigolô a mais doce que um homem pode ter? Como posso respeitar um picareta desses, que não tem lirismo na alma?

Não há mais poesia no mundo torpe do golpe do vigário.

De qualquer forma, eu tinha que mandar um último e-mail. E dessa vez mandei em inglês para ter certeza de que a Stella iria entender:

Meu caro amigo,
Seus e-mails foram enviados para a Interpol, que os rastreou e encontrou a sua localização. Você está sob vigilância agora.
Eu sei que não deveria enviar esse e-mail, mas as ações da Interpol, pelo que me disseram, estão bem avançadas, e eles o apanharão nos próximos dias. Você não tem mais saída.
Eu tinha que lhe mandar este e-mail porque você não respondeu às minhas propostas sexuais.
Obrigado pela diversão, e boa sorte na prisão,
João Sem Braço

22 thoughts on “Anatomia de um crime – o esquema nigeriano

  1. Caro réu, o que nós queriamos a provar, e por confissão escrita, éramos de seu envolvement com tal menina do incidente. Eu quero acreditar que, mesmo todo seu dinheiro não o isentaria ser réu, até o momento.
    Nossos falsos email, produziu o bastante para o incriminar no caso da menina mencionada.
    Os advogados da vítima

  2. incrível, sr. galvão. e, de fato, não se fazem mais vigaristas como antigamente. ou então no exterior não se pratica a “vigarice-arte”, como no brasil.

  3. DEve ter sido muito divertido. To até pensando em responder aqueles emails que informam que o meu CPF está irregular.

    Abração do amigão

  4. Rafael:

    Desculpe-me eu estar completamente fora do assunto, mas eu respeito muito seu conhecimento no que tange a Beatles. Eu acabei de fazer um viagem de 1.200 Km. de carro e dentre os cds que ouvi um que me deu mais prazer foi um the best dos Beatles.
    Minha pergunta é a seguinte: porque você acha que os Beatles fizeram tanto sucesso, uma vez que no começo da carreira nem sabiam tocar direito seus intrumentos, com exceção do George Harrison; não tinham uma voz privilegiada como a do Elvis, ou do Litlle Richard e, muito menos, o apelo sexual do primeiro ( Paul cantava muito, era boa pinta, mas não como o Elvis); não foram poetas contundentes, com tendências e letras politizadas como Bob Dylan, nisso, eram, até, docemente ingênuos; entretanto, quando a gente ouve, parece que você está ouvido algo do período clássico, como Mozart, Beethoven, etc.
    É possível explicar?

  5. Muito bom poder ver Rafael em sua encarnação de caçador de mitos. E em versão internacional! Muito bom post…tão divertido quanto as preocupações bestas com pinto pequeno e as Alegrias do Google, sem contar os posts confessionais…

  6. engraçadíssimo!!
    já recebi tantas vezes emails assim, e não fazia idéia de que isso podia ser tão divertido!….

  7. hehehehehe
    adorei… mas concordo com o bia.. agoraja sei porque vc demora pra responder…hahahahahahah
    mas teve um cidadao aqui que chegou a brigar comigo por causa desses emails, me dizendo que era assunto de familia…o olho cresce na exata proporcao da ambição e inversamente a inteligencia… ja vi duas dessas historias ao vivo, cara se mandou pra BSB procurar a conta onde depositar…
    beijocas rafinha

  8. fantástico. fica só para saber o verdadeiro conteúdo daquele velho incidente com a menina, do qual v. ficou ileso. vamos, toca a escrevê-lo

Leave a Reply

Your email address will not be published.