4 thoughts on “Minha singela homenagem ao Dia Internacional da Mulher

  1. Rafael, pode até parecer uma piada aleatória, mas o travesti e o transexual dizem muito sobre as lutas feministas do último século.

    É como bem disso outro dia o Rogério Skylab em um entrevista ao Danilo Gentili ( http://www.youtube.com/watch?v=-Cigsxt6Jx4 – no minuto 17:50 mais ou menos), o travesti/transexual é um dos grandes retratos da modernidade.

    Se a modernidade é a fluidez de valores, inclusive, e principalmente talvez, de identidade, se o movimento negro subvertia a ideia de superioridade de raças, se a luta operária subvertia uma realidade histórica de exploração, se o feminismo a o movimento gay já discutiam a construção cultural do que deve ser homem e do que deve ser mulher, se tudo isso é a cara da modernidade, um passo mais adiante ainda é aquele sujeito que além de querer subverter o papel social a que lhe foi imposto ainda contesta a determinação biológica sobre sua identidade.

    Pago pau mesmo pros transexuais, estão entre o que há de mais revolucionário e corajoso nesses tempos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.