Niemölleriana

Primeiro vieram buscar os negros, mas como eu não estava no meu lugar de fala, eu tive que me calar.

Depois vieram buscar as mulheres, mas como eu era homem cis hétero estuprador opressor, eu não pude protestar.

Então vieram buscar os trans, e como eu não era gay, fiquei calado para não entrar em treta.

Depois vieram buscar os comunistas, mas como eu insistia que não era golpe, eu achei foi pouco.

Então vieram buscar os sindicalistas, mas como eram todos pelegos, eu fiquei calado.

Depois vieram buscar as moças com turbante, e achei bom porque aquilo era apropriação cultural.

Então, quando vieram me buscar, eu fiz um post lacrador no Facebook.

10 thoughts on “Niemölleriana

  1. Algumas lutas justas, outras nem tanto, entraram numa fase de histeria. Uma vez eu fui chamado de elite branca por uma branca rica rsrsrs. Afortunadamente, 80% dessas coisas estão restritas à internet. Mas tem cada vez mais gente na internet. E eu tenho cada vez menos paciência pra algumas discussões, por não ver sentido.

    • Eu tento ser um otimista, e achar que essa fase de histeria e exageros, de culpa universal e de mimimi pessoal trasnformado a pulso em questão universal vai passar. São as vantagens de ser um materialista dialético. Mas nem sempre consigo.

  2. É, e como vimos nos últimos acontecimentos, agora estão vindo buscar os brancos, héteros, cristãos, famílias funcionais, empreendedores, etc. Caramba, ninguém faz nada?!

  3. Lembrei de você por causa da morte do genial Jerry Lewis. Há tempos atrás você fez dois posts definitivos sobre ele.

    • Não acho que alguém consiga fazer um post definitivo sobre ele. (Pode dar um desconto aí, eu sou fã absoluto.)

      Mas fiquei impressionado com a maior parte dos necrológios. Mais interessados em falar que a crítica não gostava dele, apesar do sucesso popular, do que em avaliar corretamente o seu papel como comediante e cineasta.

      • Rafael: é que com sua rabugice natural e arrogância profissional o Jerry Lewis irritou muito a imprensa e aí você sabe, essa gente não perdoa nunca.

      • Pois é, os americanos sempre esnobaram o Jerry Lewis. A imprensa brasileira vira-lata vai a reboque. Talvez os necrológios dos franceses façam justiça ao cara. Mas mesmo que ele tenha sido um babaca, a obra fica. Duke Elleington era amigo do Nixon, mas por isso não irá deixar de ser o maior compositor do jazz…

Leave a Reply

Your email address will not be published.