A República Morumbi-Leblon

A melhor foto da semana foi publicada pela revista Época.

Un grupo de manifestantes paulistas, alguns deles usando um quipá, reutiliza o verso de um banner — a piada está pronta, mas eu não vou usar — da última campanha de Alckmin para protestar contra a visita de Ahmadinejad. De quebra, misturam alhos com bugalhos e dão também o seu recado ao presidente venezuelano Hugo Chávez.

29 thoughts on “A República Morumbi-Leblon

  1. Quisera eu morar no Morumbi ou no Leblon. Pena que ter dinheiro no Brasil é bobo, feio e cara de melão.
    Mas o engraçado mesmo são os anúncios do Google. Depilação Laser Morumbi, Apartamento no Jardim Sul…

  2. Eu já morei no Morumbi (agora moro onde o Judas perdeu as botas, mas pelo menos o condomínio é baratchenho) 🙂

    Sobre a reutilização do verso do banner, eu também ia fazer uma piada, mas o pessoal iria me chamar de anti-semita, etc., então eu sou vou falar só o seguinte: “Reciclagi está na moda, benhê.” (by Francine BBB9)

    PS: E ninguém acerta escrever o nome desse Presidente do Irã, heim? Socorro.

  3. como voces são “classistas”. tenho medo de vcs tentarem implantar uma república stalinista no brasil. cassariam a cidadania dos que moram no morumbi e no leblon e em atalaia, desapropiariam seus imóveis e certamente iriam morar lá com todas as mordomias q a nomenklatura pode proporcionar.

    ah, q saudade de qdo vcs eram da oposição e tratavam todos igualmente…

  4. Por acaso algum destes dois idiotas presta?

    Rico não está sempre errado, assim como pobre não está sempre certo.

    Maniqueismo ou é inocência, ou má intenção.

  5. @tenho medo,

    “Cassar nacionalidade”, Regina Duarte? Vocês continuam brasileiros, e cariocas e paulistas. Seu passaporte ainda está com você, e ninguém pretende tirá-lo. Você ainda fala português, embora a corja de famintos à sua porta lhe assuste cada vez mais, e sua miopia lhe impeça de ver que ela, paradoxalmente, está diminuindo. Essa conversa não é só chata: é de uma estupidez tremenda, de um primarismo que chega a incomodar. É típico de um grupo sem argumentos e sem consistência esse exagero da própria vitimização — vocês ouvem um termo que lhe incomoda porqeu percebem a piada, e aí gritam que estão lhe cassando a cidadania. Tsc. Curiosamente, vocês não reagiam dessa forma quando se referiam à bandalha collorida como “República de Alagoas” ou aos doidinhos de Itamar Franco como “República do Pão de Queijo”, o que apenas mostra a sua maneira de ver o mundo – burra, insular e elitista. Em vez de ter medo, tenham vergonha de se prestar a um papel tão bobo.

    Outra coisa: se por Atalaia você quis dizer o bairro e a praia de Aracaju, sua ignorância é maior do que eu pensava: a Atalaia não é o bairro mais elitista de Aracaju.

  6. baiano, incríveis a foto e os chiliques de gente que se diz “da zé-lite” brasileira. o barrete serviu direitinho na cabeça dessa gente – frígio e vermelho, claro.

  7. Não vi nada de anormal.
    Vejam bem: reacionários com um cartaz desatualizado do Alckimin com dizeres em seu verso com palavras de ordem contra dois presidentes “desalinhados ao eixo mal”. De quebra uns quipás.
    Dissonante seria se houvesse aí alguma estrela vermelha, bandeira com foice e martelo ou gente decente.

  8. É isso aí, Rafael!!! Esse negócio de holocausto é cascata. Se o Brasil cultivasse os valores morais como o faz o democrático povo mulçumano, isso aqui seria outra coisa!!!! Rezo a Alá para que um dia tenhamos uma sociedade tão igualitária e livre de preconceitos como a dos iranianos.
    Continue sempre assim, meu rapaz!!!!

  9. João,

    Eu não posso dizer o mesmo para você porque é de uma estupidez atroz essa idéia de achar que porque se recebe Ahmadinejad no Brasil necessariamente se concorda com as idéias que ele defende.

    E eu não sou seu rapaz. Você me confundiu com seu namorado. Mas eu sou mais bonito.

  10. é… com a chegada do final do reinado de lulla o q parece é q vai vir chumbo grosso por aí, macacada. os lullo-petistas vão fazer de tudo pra não largar esse osso. e não duvidem de que se a candidatura de dilma ou o terceiro mandato de lulla não forem bem sucedidas, é muito provável que eles toquem fogo no brasil. vão fazer uma oposição mais desleal q nunca e não duvidem se alguns radicais até apelarem pro terrorismo apostando numa guerra civil ou numa intervenção militar. pessoal, baixe a bola e aceitem a alternância de poder.

  11. tenho medo,

    Quase oito anos e vocês realmente não aprenderam nada?

    Ô povo burro. Pelo menos sofistique aí um pouquinho as críticas, estupidez antiga cansa.

  12. Rafael:

    A “Tenho medo” é burra aonde? Por acaso o Lula ou o PT fizeram alguma coisa que preste? Deram sequencia as idiotices do Fernando Henrique, que tanto criticavam, e se envolveram em escâdanlos, que só gentalha, ou bandidos se metem.

    Burro é você; pelo menos em política. Deixe de ser tonto!

  13. Um dos motivos pra eu ficar filosofando todo dia é: por quê gente como ‘tenho medo’ e ‘santiago’ vem até blogs como este e faz comentários que insultam nossa inteligência?

    Quanto à imagem, é impagável!

  14. Santiago, meu trollzinho de estimação:

    Vou concordar com você: “tenho medo” com seu discurso e você com a sua ladainha velha, pobre e mal argumentada são os espertos. A gente cá do outro lado, e o resto do mundo, somos todos burros.

    Obama só disse que Lula era o cara porque não conheceu você, a tenho medo e a Regina Duarte.

    Que grande perda para o mundo.

    PS: Você, melhor que ninguém, conhece as regras para comentários aqui. Cuidado com o seu palavreado. Não é porque eu posso que você pode também.

  15. olha rafael, veja como são as coisas. existem traços de stalinismo até na sua argumentação qdo vc afirma que “Vocês continuam brasileiros, e cariocas e paulistas. Seu passaporte ainda está com você, e ninguém pretende tirá-lo.” hummm, estranho isso. muito estranho. agora só uma pergunta: se o PT naufragar em 2010, vc vai ter um comportamento digno como opositor, ou vai ser um golpista da esquerda?

  16. Rafael:

    A minha argumentação que é pobre? E a sua, que diz que o Lula é bom porque o Obama achou o Lula, “o cara”?

    Você não sabe que a tradução mais correta para a expressão My Man é meu chapa?

    Você não percebeu que o Lula foi tratado como um bichinho de estimação? Até porque, obviamente, o Obama já havia sido informado que se tratava de um sujeito simpático, porém de baixa instrução.

    Você não percebeu isso? Você acreditou nesta farsa da visita aos Estados Unidos? Essa viagem inútil! Apesar de que falar em viagem inútil do Lula é pleonasmo.

    O Obama tratou o Lula como você trata a sua empregada, com respeito e carinho, mas sem levar a sério a opinão dela sobre economia.

  17. tenho medo,

    Se eu lhe disser que o céu é azul você vai dizer que é amarelo.

    Quanto à eventualidade de ir para a oposição, eu posso até não ser “digno” como você espera (embora eu não saiba se você conhece o significado dessa expressão, “oposição digna”) — mas com certeza absoluta serei mais inteligente.

    Santiago,

    Deixando de lado a sua vocação para professor de inglês, certamente maior que a sua capacidade de análise política, se eu lhe disser que o céu é azul você vai dizer que é marrom.

Leave a Reply

Your email address will not be published.